Menu
Busca terça, 20 de novembro de 2018
(67) 9860-3221

STJ determina julgamento imediato de um dos réus da chacina de Unaí

19 maio 2011 - 10h21

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou o desmembramento do processo sobre o episódio que ficou conhecido como “chacina de Unaí” e o julgamento imediato de um dos acusados, que está há sete anos em prisão preventiva.

De acordo com o relator do caso, ministro Jorge Mussi, “o réu não pode ficar preso ad eternum”. Rogério Alan Rocha Rios foi denunciado com mais oito pessoas pela morte de três auditores e um motorista do Ministério do Trabalho, em 2004, no município de Unaí (MG).

O crime teria sido motivado pelas inspeções dos servidores, que contrariavam interesses de grandes fazendeiros. Todos chegaram a ser presos, mas alguns respondem em liberdade ao processo instaurado na Justiça Federal.

A solução proposta pelo relator, e acompanhada pelos demais ministros, foi baseada no Artigo 80 do Código de Processo Penal, que permite o desmembramento - quando houver excessivo número de acusados e para não prolongar a prisão provisória, ou por outro motivo relevante, o juiz pode considerar a separação.

Atualmente, o processo está no Supremo Tribunal Federal à espera do julgamento de recurso apresentado pelos advogados de outros réus. Em habeas corpus impetrado no STJ, a defesa de Rogério Alan Rocha Rios pedia sua libertação. A 5ª Turma, de acordo com o voto do relator, negou o pedido, mas concedeu habeas corpus de ofício para determinar a separação do processo e o julgamento imediato.


Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
PF desarticula esquema de facilitação de entrada de estrangeiros no Brasil
PONTO
Câmara de Dourados implanta biometria para registro de frequência de servidores
BRASIL
Temer pede que brasileiros reflitam sobre questão racial
PROCON
Mais de 20 empresas estarão negociando dívidas com consumidores douradenses no Centro
LADÁRIO
Irmãos são assassinados a tiros após briga entre vizinhos
MATO GROSSO DO SUL
Projeto de Lei proíbe filmar professor em sala de aula sem autorização
TV
Repórter da Globo, Fabíola Andrade nega assédio e diz que colega a procurou
ADOLESCÊNCIA MASCULINA
Por que os meninos adolescentes precisam de um especialista
DOURADOS
Homem que energizou cerca onde menor morreu é preso em flagrante por homicídio
ELEIÇÕES
Após campanha ‘quente’, votação da OAB tem início tranquilo em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
DOIS MESES DEPOIS
Acusados de matar rapaz em Dourados serão apresentados hoje
MARCELO PILOTO
Traficante brasileiro é expulso do Paraguai após matar mulher em cela
VILA SÃO BRÁS
Mulher acorda e flagra ladrão dentro de casa em Dourados