Menu
Busca quinta, 19 de julho de 2018
(67) 9860-3221

STJ dá prazo para magistrados se defenderem

30 maio 2011 - 15h41

Magistrados de Mato Grosso, denunciados pelo Ministério Público Federal, têm 15 dias para apresentar defesa. A notificação foi dada pelo Superior Tribunal de Justiça ao desembargador José Ferreira Leite e aos juízes Marcelo Souza de Barros e Marcos Aurélio dos Reis Ferreira.

Eles são acusados pelo crime continuado de peculato — apropriação por funcionário público de bem público ou particular em razão do cargo que ocupa — por causa de pagamentos feitos de forma irregular, dentro do TJ de Mato Grosso, com o intuito de prestar socorro financeiro para a maçonaria.

A decisão do ministro João Otávio de Noronha, relator do caso, foi publicada na edição do Diário Eletrônico da Justiça da última sexta-feira (27/5), mesmo dia em que a notificação foi enviada ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso. O prazo de 15 dias para manifestação dos denunciados começa a contar a partir do recebimento da notificação. Após a apresentação da defesa, o relator levará o caso à Corte Especial, que decidirá se aceita ou não a denúncia do MPF.

Na mesma decisão, Noronha retirou o sigilo do processo. Ele considera que não há fato sigilioso porque “os cargos públicos ocupados pelos denunciados, per si, não atraem a hipótese de que os autos venham a ser acobertados por essa reserva”.

No inquérito que deu origem a esta ação penal também foi investigada a participação de outros sete magistrados no desvio de recursos públicos.
Eles foram aposentados compulsoriamente por decisão do Conselho Nacional de Justiça. Porém, o ministro Celso de Mello concedeu liminar e eles voltaram ao trabalho. O mérito do caso ainda será analisado pelo STF.

Com informações da Assessoria de Imprensa do Superior Tribunal de Justiça.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Termina amanhã prazo para adesão de estados ao Encceja Nacional
UFGD
Dourados será sede de Encontro Nacional de Gestão Ambiental
CAMPO GRANDE
OAB/MS abre procedimento contra advogada suspeita de golpe milionário
CUIABÁ
'Homem-Aranha' escala 10 andares de prédio e invade apartamentos
PROMOÇÃO
Juiz Jonas Hass de Dourados é empossado desembargador do TJ/MS
PONTA PORÃ
Jovem é preso com dinheiro falso comprado no Paraguai
DEFESA
Segurança Pública anuncia operação na fronteira de nove estados
CRIME ORGANIZADO
Chefão do PCC preso em Assunção já está em poder da PF
UEMS
Educação a Distância promove curso de formação para acadêmica
FRONTEIRA
Oficial de Justiça é feita refém por homem revoltado com intimação

Mais Lidas

DOURADOS
“Aqui é PCC!”, disseram atiradores que mataram dupla
CAMPO GRANDE
Douradense é preso acusado de ser mandante de tentativa de roubo de avião
DOURADOS
Maconha apreendida em caminhão e casa no Água Boa totalizou mais de 4,3t
DOURADOS
Ladrões levaram mais de R$ 1,5 mil em assalto a padaria