Menu
Busca terça, 22 de maio de 2018
(67) 9860-3221
SICREDI

Sinal de celular pode levar morte de abelhas

25 maio 2011 - 16h36

Uma pesquisa realizada na Suíça constatou que o sinal dos aparelhos celulares é capaz de matar abelhas. Os pesquisadores acreditam que a diminuição repentina da população de abelhas em todo o mundo pode estar relacionada com esta tecnologia móvel.

O maior problema encontrado pelos cientistas é que o sinal emitido pelo celular não apenas confunde o inseto como pode levá-lo à morte. Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores realizaram 83 experimentos que indicaram sempre o mesmo resultado.

Esse inseto é capaz de sentir o sinal transmitido quando o telefone toca. O celular emite um barulho durante as ligações que as confunde, ocasionando nele um voo desordenado, fazendo com que cheguem ao óbito, pois a frequência do aparelho afeta 10 vezes mais as abelhas quando uma ligação está sendo realizada.

“Nesse momento, será necessário desenvolver um planejamento para evitar a ocorrência de um desequilíbrio ecológico”, alerta a médica veterinária e tutora do Portal Educação, Danielle Pereira.

Vale lembrar que as abelhas são essenciais para o sistema ecológico e também da agricultura, já que agem como agentes de polinização e produtores de mel. O impacto na população de abelhas foi mais perceptível nos Estados Unidos, onde a maioria da população possui pelo menos um aparelho celular.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÕES
Dólar fecha em queda e vai R$ 3,64, após intervenção do BC
BOLSA FAMÍLIA
Prefeita determina força-tarefa para ampliar cobertura do benefício na aldeia
RODOVIAS DE MS
Bloqueio de caminhoneiros tem promessa de ‘virar a noite’ em Dourados
ECONOMIA
Junho deve ter bandeira tarifária amarela, prevê diretor da Aneel
CAPITAL
Homem morre após colidir moto em carreta na BR-262
PRODUTOS QUÍMICOS
Protocolo para casos emergenciais de poluição será criado em MS
PROTESTO
Servidores da UFMS param amanhã na Capital e interior
NEGÓCIOS
Leilão Ribalta movimenta mais de R$ 2 milhões na Expoagro
IMUNIZAÇÃO
MS tem apenas 48% do público-alvo vacinado contra a gripe
ASSEMBLEIA
Uso de nome afetivo em cadastros às crianças adotadas é aprovado

Mais Lidas

FLAGRANTE
Policial aposentado é preso com cocaína em Dourados
CAPITAL
Criança morre em acidente com moto pilotada pelo avô
JARDIM PANTANAL
Homem é baleado após ser cercado por grupo
DOURADOS
Postos da Seleta, Santo André e Vila Rosa terão atendimento reduzido