Menu
Busca quarta, 19 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Servidor público não precisa abrir mão de salário de vereador

06 junho 2011 - 14h10

Servidor público não precisa abrir mão de suas funções ou remuneração para assumir cargo eleito de vereador. Foi o que decidiu a 7ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho em ação imposta pela Caixa Econômica Federal contra uma de suas funcionárias que foi eleita vereadora pelo município de Londrina (PR) em 2000 (para exercer de 2001 a 2004), reeleita em 2004 e 2008. Para o TST, vereador não é cargo público.

A Caixa alegou que, apesar de a ré ter horários compatíveis com as duas funções (trabalhava das 8h às 14h no banco e depois ia para a Câmara Municipal), não poderia acumular os dois salários. A situação está prevista em regra interna da CEF, alterada em 2008.A acusada trabalha na Caixa desde 1984.

De acordo com as alegações da estatal, a situação da ré está prevista no artigo 37 da Constituição Federal, que impossibilita funcionários públicos de acumular mais de um cargo público. Para o TST, no entanto, não houve tal violação, pois vereador não é um cargo público, e sim um “agente político, exercício do mandato de representação política”. O artigo 37, diz o TST, só pode ser aplicado para o acúmulo de cargos concursados.

O juiz da 4ª Vara Cível do Trabalho de Londrina entendeu da mesma forma e foi seguido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região e pelo TST. Para a Justiça do Trabalho, a estatal não poderia ter alterado uma norma interna em prejuízo de uma funcionária — só podem ser atingidos pelas mudanças os empregados contratados depois da alteração, conforme diz a Súmula 51 do TST. Portanto, a mudança na regra caracteriza alteração contratual ilícita.

As informações são da Assessoria de Imprensa do TST.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESPORTES
Disputas finais do torneio de arremessos de basquetebol serão amanhã no “Jorjão”
LIGA DOS CAMPEÕES
Imprensa francesa "elege" Neymar como o pior jogador da estreia
ACAMPA DOURADOS
Parque Arnulpho Fioravante recebe ajustes para receber população em evento
JUSTIÇA
Moro defende sua competência para julgar ação sobre sítio de Atibaia
TV Digital
Diretor da Band apresenta projeto para sinal em Dourados
ELEIÇÕES 2018
PF abre segundo inquérito para investigar agressão a Bolsonaro
ESPORTE PARALÍMPICO
Megaevento Paralímpico acontecerá neste sábado em MS e mais 47 cidades do Brasil
ELEIÇÕES 2018
TRE-DF prepara urnas que serão enviadas ao exterior
ELEIÇÕES 2018
Candidato do PSOL ao governo diz que pretende encarar o crime organizado com tecnologia
NOVA ANDRADINA
Menor é detida após bater na mãe por não querer estudar

Mais Lidas

DOURADOS
Idoso encontrado morto na pedreira foi vítima de latrocínio
MS-164
Trio é flagrado com mais de 1t de maconha no Copo Sujo
DOURADOS
Colisão frontal mata passageiro de caminhonete e deixa três pessoas feridas
DOURADOS
Homem esfaqueado pelo filho morre no Hospital da Vida