Menu
Busca Sábado, 20 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Corpal - Dezembro 2017

Senado aprova projeto de Delcídio que cria subsidiária da Embrapa

19 Dezembro 2012 - 13h16

A CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado Federal aprovou o Projeto de Lei 222/2008, de autoria do senador Delcídio do Amaral, que cria a Embrapa Tecnologias S.A (Embrapatec) subsidiária da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O projeto segue agora para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

A Embrapatec – uma sociedade por ações de capital fechado com sede no Distrito Federal - terá por finalidade comercializar tecnologias, produtos e serviços desenvolvidos pela Embrapa, explorar o uso de marcas e direitos decorrentes da propriedade intelectual, inclusive proteção de cultivares e mudas, com o propósito de aplicar parcela dos recursos arrecadados na realização de investimentos e custeio de atividades de pesquisa agrícola.

Delcídio avalia a decisão da CAE como “um grande avanço.”

“Inicialmente, eu apresentei um projeto que previa a abertura de capital da empresa. A direção, o corpo técnico e administrativo da Embrapa me procuraram para que a gente discutisse mais de forma aprofundada a proposta. A partir daí promovemos uma série de debates com sindicatos e setores do governo até chegarmos ao texto aprovado pela CAE, que, na verdade, é um substitutivo do senador Gim Argelo (PTB/DF).

A Embrapatec vai comercializar os produtos da Embrapa no mercado, garantindo a propriedade intelectual. Ao mesmo tempo, ela passará a ser o braço da Embrapa no exterior. Nós temos um potencial fantástico em outros continentes, entre eles a África, onde a empresa exerce um papel fundamental no combate a fome.

A Embrapa não podia mais ficar só com a estrutura atual. Era preciso criar uma subsidiária para a empresa crescer, se capitalizar, obter mais recursos, com o controle total do governo brasileiro. Isso foi ajustado com o Ministério da Agricultura, com a Embrapa e com o Palácio do Planalto, e eu não tenho dúvida nenhuma de que, na CCJ, esse projeto vai ser aprovado”, garante o senador.




Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
SP tem 3 mortes por reação à vacina da febre amarela; casos da doença somam 81
SP tem 3 mortes por reação à vacina da febre amarela; casos da doença somam 81
MAIS UM CASO
Drone é abatido na Penitenciária Estadual de Dourados
Drone é abatido na Penitenciária Estadual de Dourados
MS
Governo assina acordo que prevê estágio aos alunos de Medicina da UFMS de Três Lagoas
Governo assina acordo que prevê estágio aos alunos de Medicina da UFMS de Três Lagoas
DECISÃO
STJ libera posse de Cristiane Brasil no Ministério do Trabalho
AÇÃO
Turismo de Mato Grosso do Sul apresenta na Espanha mais uma etapa da campanha Visit MS
INTERNACIONAL
China afirma que navio de guerra dos EUA 'violou' sua soberania
China afirma que navio de guerra dos EUA 'violou' sua soberania
INTERNACIONAL
Morre o chef Paul Bocuse, considerado 'papa' da gastronomia francesa
Morre o chef Paul Bocuse, considerado 'papa' da gastronomia francesa
MS
Bombeiros de Corumbá viajam 3 horas de barco para socorrer jovem no Pantanal
Bombeiros de Corumbá viajam 3 horas de barco para socorrer jovem no Pantanal
CAPITAL
Homem é preso por estuprar enteada de 7 anos
Homem é preso por estuprar enteada de 7 anos
POLÍTICA
Regras mais transparentes para partidos serão analisadas pela CCJ
Regras mais transparentes para partidos serão analisadas pela CCJ

Mais Lidas

Homem é executado com 12 tiros de pistola 9 milímetros
DOURADOS
Homem é rendido por bandidos, levado para mata e tem Amarok roubada
Homem é rendido por bandidos, levado para mata e tem Amarok roubada
DROGAS
Douradense é preso durante “Operação Tagi” desenvolvida pelo GAECO
GUERRA DE FACÇÕES
Justiça determina prisão de 11 envolvidos em morte brutal e liga crime ao PCC
Justiça determina prisão de 11 envolvidos em morte brutal e liga crime ao PCC