Menu
Busca Domingo, 19 de Novembro de 2017
(67) 9860-3221
Sertão - Novembro 2017

São Paulo recupera direitos sobre GP Brasil de F-1

02 Dezembro 2003 - 10h24

A Prefeitura de São Paulo conseguiu ontem, uma importante vitória na tentativa de manter o GP Brasil de F-1 na cidade até 2009. A liminar que suspendia a corrida de 2004 foi cassada.Segundo Luiz Tarcísio Teixeira Ferreira, secretário dos Negócios Jurídicos de São Paulo, a prefeitura alegou que não existia motivo para urgência, portanto não havia necessidade de uma liminar que suspendesse a realização do GP com dez meses de antecedência."O desembargador Coimbra Schmidt [da 6ª Câmara do Tribunal de Justiça] entendeu que não havia urgência no caso, já que sempre foram realizadas obras antes do GP Brasil e sua realização nunca foi posta em xeque por isso", declarou o secretário.Ferreira disse ainda que o próximo passo da prefeitura é procurar o Ministério Público, ainda nesta semana, para tentar entrar num acordo e encerrar a ação, movida por Antonio Celso Campos de Oliveira Faria, promotor de Justiça da Cidadania da capital.O imbróglio jurídico envolvendo o GP Brasil começou no início do mês passado, com a concessão de uma liminar pelo juiz João André de Vicenzo, da 12ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, em virtude da ação movida por Faria.A alegação usada no pedido de cancelamento era de que a corrida traria prejuízo para a cidade. Na ação, o promotor pedia a suspensão do contrato da prefeitura com a Interpro, organizadora do GP.Como um eventual cancelamento da corrida significaria um golpe para as pretensões de Marta Suplicy se reeleger -a prova ocorre entre o primeiro e o segundo turnos das eleições municipais, caso sejam necessárias duas etapa- a prefeitura não perdeu tempo e contra-atacou.A Secretaria dos Negócios Jurídicos da cidade entrou com um pedido de reconsideração da liminar, que foi logo negado pelo juiz.A prefeitura então decidiu recorrer e, há duas semanas, entrou com um agravo de instrumento, cuja decisão foi dada nesta segunda-feira. O agravo, no entanto, terá que ser julgado por outros dois desembargadores. A decisão final só deve sair em fevereiro de 2004.Caso a determinação seja mesmo mantida, o GP Brasil irá encerrar pela primeira vez desde que recebe a F-1 o calendário da categoria, no dia 24 de outubro. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Identificada travesti morta a facadas
EDUCAÇÃO
Prova para cursos técnicos integrados do IFMS reúne mais de 3,4 mil candidatos
Prova para cursos técnicos integrados do IFMS reúne mais de 3,4 mil candidatos
ENTRETENIMENTO
PSG terá que pagar mais de R$ 80 milhões para ter Mourinho
BRASIL
Dnit e Exército iniciam quarta etapa de pesquisa sobre rodovias brasileiras
Dnit e Exército iniciam quarta etapa de pesquisa sobre rodovias brasileiras
OPORTUNIDADE
Concurso de Fundação de Saúde com 191 vagas inscreve até dia 30
Concurso de Fundação de Saúde com 191 vagas inscreve até dia 30
POLÍTICA
MP pede anulação de sessão da Alerj que revogou prisão de deputados
MP pede anulação de sessão da Alerj que revogou prisão de deputados
PÚBLICO
Ação Cidadania encerra ano com 36,9 mil atendimentos
INTERNACIONAL
Marinha do Brasil e FAB auxiliam em buscas por submarino argentino
Marinha do Brasil e FAB auxiliam em buscas por submarino argentino
PMA autua pecuarista em R$ 5,7 por desmatamento ilegal
INTERNACIONAL
Terremoto de 6,4 graus atinge território francês no pacífico
Terremoto de 6,4 graus atinge território francês no pacífico

Mais Lidas

DOURADOS
Estudante é encontrado pela família após horas desaparecido
VIOLÊNCIA URBANA
Jovem é executado em emboscada no Estrela Porã
DOURADOS
Travesti é assassinada a golpes de faca em Dourados
IPÊ ROXO
Homem é preso ao tentar estuprar menor em Dourados