Menu
Busca sábado, 29 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

São Paulo recupera direitos sobre GP Brasil de F-1

02 dezembro 2003 - 10h24

A Prefeitura de São Paulo conseguiu ontem, uma importante vitória na tentativa de manter o GP Brasil de F-1 na cidade até 2009. A liminar que suspendia a corrida de 2004 foi cassada.Segundo Luiz Tarcísio Teixeira Ferreira, secretário dos Negócios Jurídicos de São Paulo, a prefeitura alegou que não existia motivo para urgência, portanto não havia necessidade de uma liminar que suspendesse a realização do GP com dez meses de antecedência."O desembargador Coimbra Schmidt [da 6ª Câmara do Tribunal de Justiça] entendeu que não havia urgência no caso, já que sempre foram realizadas obras antes do GP Brasil e sua realização nunca foi posta em xeque por isso", declarou o secretário.Ferreira disse ainda que o próximo passo da prefeitura é procurar o Ministério Público, ainda nesta semana, para tentar entrar num acordo e encerrar a ação, movida por Antonio Celso Campos de Oliveira Faria, promotor de Justiça da Cidadania da capital.O imbróglio jurídico envolvendo o GP Brasil começou no início do mês passado, com a concessão de uma liminar pelo juiz João André de Vicenzo, da 12ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, em virtude da ação movida por Faria.A alegação usada no pedido de cancelamento era de que a corrida traria prejuízo para a cidade. Na ação, o promotor pedia a suspensão do contrato da prefeitura com a Interpro, organizadora do GP.Como um eventual cancelamento da corrida significaria um golpe para as pretensões de Marta Suplicy se reeleger -a prova ocorre entre o primeiro e o segundo turnos das eleições municipais, caso sejam necessárias duas etapa- a prefeitura não perdeu tempo e contra-atacou.A Secretaria dos Negócios Jurídicos da cidade entrou com um pedido de reconsideração da liminar, que foi logo negado pelo juiz.A prefeitura então decidiu recorrer e, há duas semanas, entrou com um agravo de instrumento, cuja decisão foi dada nesta segunda-feira. O agravo, no entanto, terá que ser julgado por outros dois desembargadores. A decisão final só deve sair em fevereiro de 2004.Caso a determinação seja mesmo mantida, o GP Brasil irá encerrar pela primeira vez desde que recebe a F-1 o calendário da categoria, no dia 24 de outubro. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Filha reconhece mulher de 34 anos que morreu ao bater em poste
UEMS
Abertas inscrições para o XI Seminário de Extensão Universitária
CRIME AMBIENTAL
Polícia apreende arma, munições, fardas camufladas e carne suspeita
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
Bolsonaro vai a Montevidéu para posse do novo presidente do Uruguai
SANEAMENTO
Obras da rede de esgoto de Batayporã estão em fase de conclusão
JUDICIÁRIO
STF vai julgar se punição a quem recusa bafômetro é constitucional
DIÁRIO OFICIAL
Relação de candidatos para docente de curso para policiais é divulgado
MEIO AMBIENTE
PMA divulga Cartilha do Pescador 2020 com as novas regras para pesca
ITINERANTE
Carreta da Justiça atende Corguinho e Rochedo na próxima semana
SÃO CONRADO
Identificado homem morto a pauladas e polícia busca suspeito

Mais Lidas

MEIO AMBIENTE
Proprietário de rancho é autuado por pescar em rio durante a piracema
PARQUE DO LAGO
Ladrões usam carro para estourar porta de mercado e fogem com cofre; veja vídeo
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira
DOURADOS
Dupla dispara, mata jovem e deixa outro ferido no Jardim Independência