Menu
Busca sábado, 06 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Sadia-Perdigão está disposta a vender 15% da produção

12 junho 2011 - 10h35

Hoje na Folha A BRF Brasil Foods deve propor ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) a venda de fábricas que representam ao menos 15% de sua produção, informa reportagem de Tatiana Freitas na edição dominical da Folha.

A medida é uma tentativa de conseguir aprovação à fusão entre Sadia e Perdigão.

Além de se desfazer de fábricas, a empresa estuda avançar na proposta da venda de marcas. Na última quarta-feira, a BRF propôs vender as marcas Rezende, Wilson e Excelsior e as margarinas Claybom e Deline.

O relator do caso, o conselheiro do Cade Carlos Ragazzo, recusou a proposta por considerar que se trata de marcas menos relevantes e com pouca participação de mercado. Diante da decisão do relator, a companhia avalia a possibilidade de colocar à venda uma marca mais relevante.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Filho de Flávio Migliaccio desabafa sobre morte do pai
CLIMA
Em sábado frio, temperatura não passou dos 20°C em Dourados
COM PREMIAÇÃO
Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul selecionará 150 projetos
MEIO AMBIENTE
Prevenção e combate a incêndios florestais em MS envolverá setor público e privado
SIDROLÂNDIA
Homem que estava desaparecido é encontrado morto sem as orelhas em açude
BRASIL
Prefeito de Santa Quitéria do Maranhão morre por Covid-19
BRASIL
Estudo defende aprimoramento de norma que avalia endividamento público
CAPITAL
Vítima salta de porta-malas com carro em movimento para fugir de bandidos
BRASIL
Bolsonaro defende divulgação atrasada e parcial de dados
SAÚDE
CCZ notifica seis pessoas para limpar quintal neste sábado, em Dourados

Mais Lidas

PANDEMIA
Em disparada, casos de Covid-19 tem novo recorde diário e passam de 400 em Dourados
DOURADOS
Suspeito de apontar arma na cabeça de motoboy para roubar veículo é apreendido
DOURADOS
Empresário que vendeu gasolina sem imposto vê tributo mal usado no país
DOURADOS
Polícia descobre central que abastecia “bocas de fumo” e prende traficante