Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Sadia-Perdigão está disposta a vender 15% da produção

12 junho 2011 - 10h35

Hoje na Folha A BRF Brasil Foods deve propor ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) a venda de fábricas que representam ao menos 15% de sua produção, informa reportagem de Tatiana Freitas na edição dominical da Folha.

A medida é uma tentativa de conseguir aprovação à fusão entre Sadia e Perdigão.

Além de se desfazer de fábricas, a empresa estuda avançar na proposta da venda de marcas. Na última quarta-feira, a BRF propôs vender as marcas Rezende, Wilson e Excelsior e as margarinas Claybom e Deline.

O relator do caso, o conselheiro do Cade Carlos Ragazzo, recusou a proposta por considerar que se trata de marcas menos relevantes e com pouca participação de mercado. Diante da decisão do relator, a companhia avalia a possibilidade de colocar à venda uma marca mais relevante.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Paranaense é autuado em R$ 12 mil por armazenamento de madeira ilegal
CONCURSO
IBGE lança edital com 209 vagas de recenseador e agente censitário
CAPITAL
Travesti é suspeita de matar vendedor de 48 anos com 14 facadas
SELEÇÃO
UEMS abre inscrições para processo seletivo de professores temporários
FRONTEIRA
Homem é preso com veículo adulterado e direção perigosa na MS-386
ADOLESCENTES
Governo vai lançar campanha de incentivo à adoção tardia
DOURADOS
Comemoração ao mês do Trabalhador terá ações na UEMS Dourados
PATRIMÔNIO LITERÁRIO
Chico Buarque ganha o Prêmio Camões 2019 pelo conjunto da obra
INOCÊNCIA
Polícia prende dupla por corrupção de menor e tráfico de drogas
JULGAMENTO
STF adia decisão sobre denúncia contra parlamentares do PP

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
DOURADOS
Comissão vota contra o próprio parecer e Idenor se salva de cassação
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação