Menu
Busca segunda, 22 de julho de 2019
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Rodrigo Maia diz que Paulo Guedes é injusto e o governo 'usina de crises'

14 junho 2019 - 20h50Por G 1

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse na tarde desta sexta-feira, dia 14 de junho, que o ministro da Economia, Paulo Guedes, "está gerando uma crise desnecessária" e que o governo Bolsonaro virou uma "usina de crises".

"Hoje, infelizmente, é meu amigo Paulo Guedes gerando uma crise desnecessária", afirmou Maia à GloboNews, após participar em São Paulo de um seminário sobre o cenário político-econômico do país. "A vida inteira o ministro da Economia sempre foi o bombeiro das crises. Agora o bombeiro vai ser a Câmara. Nós não vamos dar bola para o ministro Paulo Guedes com as agressões que ele fez agora ao parlamento."

Maia disse que blindou a reforma da Previdência de crises que são geradas pelo governo. "Nós queremos deixar claro que essa usina de crises que se tornou nos últimos meses o governo não vai chegar à Câmara. Nós vamos blindar a Câmara."

Pela manhã, Guedes criticou as mudanças propostas pelo relator Samuel Moreira, do PSDB, no projeto de reforma da Previdência na Câmara dos Deputados. Ele atribuiu as modificações a "pressões corporativas" e ao "lobby de servidores do Legislativo".

"Eu acho que houve um recuo que pode abortar a nova Previdência", disse Paulo Guedes.

Maia rebateu as palavras de Guedes. "Eu acho que o ministro Paulo Guedes não está sendo justo com o parlamento brasileiro, que está conduzindo sozinho a articulação para a aprovação da reforma da Previdência. Se nós dependêssemos da articulação do governo, teríamos 50 votos, não a possibilidade de ter 35, como nós temos hoje."

"Na democracia não é o que um quer, na democracia é o coletivo. São 513 deputados eleitos. A sociedade tá representada", acrescentou.

"Se o governo não entende que existem pobres no Brasil que precisam ser cuidados pelo parlamento e pelo governo, isso é um problema deles", disse Maia. "Nós queremos que a pobreza diminua que o desemprego caia no Brasil, que voltemos a ter esperança na educação e saúde."

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Homem ferido em explosão de churrasqueira morre depois de uma semana internado
DOURADOS
Biomedicina, Enfermagem e Odontologia da Unigran abrem processo seletivo para contratação de professor
BRASIL
Governo bloqueia mais R$ 1,44 bilhão do Orçamento
JARDIM PANTANAL
Grupo é detido com armas e centenas de munições em Dourados
COMER BEM
Muffins de Bacon
TECNOLOGIA
Em MS, centros de inclusão digital abrem ‘janelas para o mundo’
PARANHOS
Suposto olheiro do tráfico morre em troca de tiros com a polícia
DECORAÇÃO
Um apartamento todo pretinho!
PORTO MURTINHO
Douradense é assassinado em sede de fazenda
BRASIL
Número de aprendizes no país cresce 13,6% no primeiro semestre

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morre após bater moto em carro parado na Marcelino Pires
AMAMBAI
Morto a tiros em frente a conveniência era 'braço direito' de Jarvis Pavão
RIBAS DO RIO PARDO
Avô e neta morrem após caminhonete bater de frente em carreta
CAPITAL
Acidente entre dois carros e carreta mata motorista na BR-163