Menu
Busca domingo, 25 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
BOLSA FAMÍLIA

Registro de frequência escolar de beneficiários começa dia 1º

24 setembro 2017 - 17h26

O Sistema de Acompanhamento da Frequência Escolar do Bolsa Família (Sistema Presença), que acompanha mais de 15,2 milhões de estudantes beneficiários do programa em todo o Brasil, será aberto no dia 1º de outubro.

Lá, os profissionais da educação devem registrar a frequência escolar das crianças e adolescentes, na faixa de seis a 17 anos. A impressão dos formulários já está disponível no sistema. O prazo desta etapa de registro será encerrado no dia 30 de outubro.

O acompanhamento é realizado em cinco períodos bimestrais ao longo do ano. À frente desse trabalho, o Ministério da Educação atua em parceria com cerca de 50 mil coordenadores municipais e estaduais, além de auxiliares da área educacional.

Uma das condicionalidades do Bolsa Família é justamente a frequência escolar das crianças e dos adolescentes beneficiários. O objetivo é que o poder público possa atuar para garantir os direitos básicos – como a educação – às famílias que estão em situação de maior vulnerabilidade. E a ausência da escola é indício dessa condição.

"O acompanhamento tem como principal objetivo combater o abandono e a evasão escolar e, dessa forma, contribuir para a permanência e progressão dos estudos na idade apropriada de crianças e adolescentes de seis a 17 anos", reforça a coordenadora-geral de Acompanhamento da Inclusão Escolar do MEC, Simone Medeiros. O percentual mínimo é de 85% de frequência para quem tem entre seis a 15 anos e de 75% para jovens de 16 e 17 anos.

Presença

Um dos melhores índices de acompanhamento da frequência escolar de crianças e adolescentes cadastradas no Bolsa Família, na faixa de seis a 17 anos, foi registrado pelo Ministério da Educação entre junho e julho deste ano, quando o Sistema Presença contabilizou a frequência de 87,47% dos estudantes beneficiários do programa.

É o segundo maior percentual, referente ao período abordado, desde que a frequência escolar começou a ser acompanhada, em 2007. Apenas no mesmo bimestre de 2014 esse índice foi maior, chegando a 88,61%.

Uma das condicionalidades para receber o Bolsa Família é que crianças e adolescentes beneficiários comprovem frequência na sala de aula. O percentual mínimo é de 85% de frequência para quem tem entre seis e 15 anos e de 75% para jovens de 16 e 17 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Ladrão é preso após mulher denunciar furto em obra na região do Izidro Pedroso
DOURADOS
Mulher é presa e comparsa foge durante furto a supermercado no Água Boa
CAPITAL
Rapaz é baleado na testa enquanto urinava em matagal
ECONOMIA
Arrecadação mostra sinais de recuperação gradual da economia
SORTEIO
Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena acumula em R$ 42 milhões
AMAZÔNIA
Para especialistas, regularização fundiária combaterá desmatamento e incêndios
CAMPO GRANDE
Após funilaria pegar fogo, polícia encontra homem morto no banheiro
DESCAMINHO
Casal é preso com carga de celulares avaliada em R$ 750 mil a caminho de Dourados
EDUCAÇÃO
Encceja Nacional 2019 será aplicado neste domingo
ATOR
Caio Castro capota carro no Rally dos Sertões e é encaminhado a hospital na Capital

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tem dedo amputado após empilhadeira a atingir enquanto fazia compras
DOURADOS
Após “falsa corrida”, motorista de aplicativo tem carro levado por bandido que se envolve em acidente e é preso
HOSPITAL DA VIDA
Órgãos de jovem que morreu em acidente são captados e levados para quatro cidades
POLÍCIA
Mulheres são presas por tráfico em Dourados