Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
(67) 9860-3221

Receita libera hoje consultas ao primeiro lote do IR 2011

08 junho 2011 - 06h08

A Secretaria da Receita Federal libera nesta quarta-feira, a partir das 08 horas, as consultas ao primeiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2011.

Assim que abertas, as consultas poderão ser feitas por meio do site da Receita na internet, ou pelo telefone 146. Os valores das restituições, por sua vez, poderão ser sacados a partir do dia 15 de junho. Ao todo, são sete lotes de restituição, entre junho e dezembro de cada ano.

Segundo o Fisco, 1,5 milhão de contribuintes estão inseridos no primeiro lote de restituições do IR deste ano. O valor do pagamento será de R$ 1,9 bilhão. Deste número total de contribuintes, porém, a maior parte (1,3 milhão) é de idosos com mais de 60 anos.

A prioridade para os idosos já acontece há vários anos, em cumprimento ao Estatuto do Idoso. Em junho do ano passado, por exemplo, 1,47 milhão de contribuintes foram incluídos no primeiro lote do IR, sendo 1,22 milhão de idosos.

A ordem de recebimento das restituições do Imposto de Renda tem por base, além do Estatuto do Idoso, a data de entrega da declaração de ajuste anual. Quem enviou o documento primeiro, sem erros ou omissões, recebe a restituição mais cedo. Neste ano, o prazo foi do início de março até o final de abril. Mais de 24 milhões de pessoas enviaram a declaração em 2011.

###Centro de Atendimento Virtual
A Receita Federal lembra que os contribuintes não precisam esperar para saber se há inconsistências em sua declaração. Elas podem acessar o extrato do Imposto de Renda, no e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte), para saber se há erros, pendências ou inconsistências em suas declarações.

Para entrar no seu extrato, porém, ele terá de obter um código de acesso. Neste caso, deverá informar o seu CPF, a data de nascimento e os recibos do IR de 2010 e de 2011. Na ausência do recibo, poderá ser pedido o título de eleitor.

Em posse da informação de que há erros ou inconsistências em sua declaração do IR, o contribuinte pode enviar uma declaração retificadora e, com isso, retirar seu CPF da chamada malha fina do leão. Quando entram na malha fina, as declarações dos contribuintes ficam retidas para correção dos erros, e as eventuais restituições são pagas somente após a questão ter sido resolvida - nos chamados lotes residuais do IR.

No extrato do IR, o contribuinte também poderá acompanhar o pagamento do imposto e alterar opções referentes ao débito automático das cotas. Com o serviço, os contribuintes também poderão parcelar débitos em atraso do IR ou outras pendências com a Receita Federal ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Motociclista será indenizado por queda em "boca de lobo"
ACIDENTE
Queda de jatinho em resort na Bahia deixa um morto e 9 feridos
EDUCAÇÃO
Consulta do Currículo do Ensino Médio segue aberto até 17 de novembro
DOURADOS
Após mais de 20h, homem consegue expelir 52 cápsulas de haxixe que havia engolido
COTAÇÃO
Dólar encerra semana em alta e renova segundo maior patamar de fechamento da história
FESTIVAL AMÉRICA DO SUL
Em Corumbá, Reinaldo Azambuja recebe apoio a cota zero
BRASIL
BNDES vai antecipar devolução de recursos para a União, diz Montezano
SAÚDE PÚBLICA
Estado repassa mais R$ 7,9 milhões para Santa Casa de Campo Grande
TRÊS LAGOAS
MPT exige regularização dos serviços de segurança e medicina do Trabalho
REGISTROS
Acordo deve acelerar pedidos de patentes no país

Mais Lidas

DOURADOS
Encontrado morto na PED dividia cela com 18 internos em ala comandada por facção
TRÂNSITO
Bêbado invade preferencial e deixa família ferida em Dourados
ENCOMENDADA
Quadrilha desarticulada tinha ordem de facção para roubar seis motos em Dourados
PURIFICAÇÃO
Preso, ex-secretário de Saúde é exonerado do cargo de coordenador do Samu