Menu
Busca terça, 28 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Receita Federal simplifica impressão de comprovante do CPF

22 maio 2011 - 09h23

O contribuinte que emitir o Cadastro de Pessoa Física (CPF) não precisará mais entrar no Centro de Atendimento Virtual da Receita (e-CAC) para imprimir o comprovante que atesta a autenticidade do documento. Desde a última quarta-feira (18), a impressão pode ser feita numa área da página da Receita Federal na internet, com senhas e códigos simplificados.

De acordo com a Receita, o objetivo da medida é facilitar a emissão do comprovante, que também serve como segunda via do CPF. O e-CAC está disponível apenas para quem tem o código digital de acesso, cuja emissão exige o número do recibo das duas últimas declarações do Imposto de Renda (IR), ou certificação digital, ferramenta que custa R$ 300 a cada dois anos. Dessa forma, quem não declara IR ou não tem título de eleitor só podia obter o comprovante em uma unidade da Receita.

Essa restrição prejudicava principalmente os contribuintes de baixa renda, isentos da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física. Agora, eles poderão obter o comprovante apenas com o papel que receberam nas agências da Caixa Econômica Federal, do Banco do Brasil e dos Correios. Basta digitar a data de nascimento, o local e o dia do atendimento, além do código recebido nas agências na seção CPF – Comprovante de Inscrição, na página da Receita.

Na nova modalidade, o contribuinte não precisa entrar no e-CAC para obter o comprovante. No entanto, a atualização de dados cadastrais do CPF continua disponível apenas no Centro Virtual de Atendimento da Receita.

Desde agosto do ano passado, o CPF é emitido instantaneamente nos dois bancos oficiais e nos Correios. O cartão magnético, que levava até uma semana para chegar à casa do contribuinte, foi abolido. Agora, o titular do documento sai da agência com o número do documento e um código impressos em papel térmico (usado nos extratos bancários).

A Receita ainda está desenvolvendo a emissão do CPF diretamente pela internet, sem a necessidade de o contribuinte ir às agências. Depois de pelo menos dois anos de pesquisa, o serviço ainda não tem data para começar. O Fisco alega que os postos de atendimento conveniados, principalmente as entidades públicas que emitem o documento de graça (como secretarias de governos estaduais e unidades regionais do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), precisam ser adaptados para que o documento possa ser obtido no computador.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REGIÃO
Corpo de pescador é encontrado em rio a cinco metros de profundidade
DOURADOS
Prazo para pagar IPTU à vista com desconto de até 30% vence dia 10 de fevereiro
CORUMBÁ
Irmão de prefeito agride assessor de deputada em jogo de futebol
ARTIGO
Ele te leva ao céu, e ao inferno ao mesmo tempo
SOCIAL
Fila para obter o Bolsa Família já chega a quase 500 mil pessoas
ECONOMIA
Dourados recebe palestra com técnicas para fugir da rotina na empresa
MIRANDA
PMA promove curso de arte em mosaicos ministrado por casal norte-americado
SAÚDE
Três cidades recebem atendimento do ‘Cassems Itinerante’, nesta semana
POLÍCIA
Governo entrega viaturas para reforçar segurança de Mato Grosso do Sul
ENSINO SUPERIOR
MEC libera consulta de bolsas do Prouni, mas suspende inscrição

Mais Lidas

VÍDEO
Ventania derruba árvores e destelha casas na região sul de Dourados
REGIÃO
Condutor de caminhonete é preso após atingir sete veículos estacionados
IVINHEMA
Confusão em posto termina com um morto e outro ferido por PM de folga
DOURADOS
Mulher deixa carro com chave na ignição e tem surpresa 15 horas depois