Menu
Busca sexta, 22 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221

Querido do mercado, Palocci cai sem influenciar a Bolsa

08 junho 2011 - 17h20

Sete meses depois, Palocci cai sem barulho. Ao contrário de anos anteriores, quando quedas de ministros em posições importantes do governo provocavam nervosismo, o Ibovespa ontem, por exemplo, subiu 0,24%, a despeito de um dia ruim nos mercados internacionais. Hoje, operou de lado, e fechou em ligeira baixa, acompanhando os mercados internacionais.

Levantamento feito pelo iG com base em números da Economática mostra que a volatilidade do Ibovespa, um importante indicador de nervosismo dos investidores, vem caindo drasticamente nas últimas décadas (veja gráficos) em momentos de troca de ministros. A volatilidade é medida em percentual e indica a intensidade e freqüência de variações bruscas da cotação do índice Bovespa. É também uma medida de risco. Quanto maior, mais nervoso o mercado está.

Quando Gustavo Krause deixou o Ministério da Fazenda do governo de Itamar Franco, em dezembro de 1992, o Ibovespa apontava volatilidade de 20,3%. Agora, com a queda de Palocci, o indicador de nervosismo estava em apenas 4,8%. O pico de estresse em meses de saídas de ministros aconteceu em janeiro de 1995, quando Clóvis Carvalho deixou a Casa Civil no governo de Fernando Henrique Cardoso: nada menos que 37%. A pesquisa tomou sempre meses fechados, independentemente do dia de saída dos ministros.

“O mercado não está nem aí para o Palocci”, comenta Reginaldo Alexandre, presidente da Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais em São Paulo (Apimec-SP). “Nas mesas de operação, praticamente não foram ouvidos comentários ligando o ex-ministro a oscilações de mercados”, disse. “A ampla maioria dos investidores enxergou o episódio como pouco importante”, complementou José Francisco de Lima

Gonçalves, economista-chefe do Banco Fator.


Fonte: Gazeta Mercantil

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Bruna Griphao deixa tanquinho à mostra durante passeio na cachoeira
RORAIMA
Venezuela fecha fronteira com o Brasil no horário determinado por Maduro
BR-060
Perseguição acaba com 3 presos e caminhonete com maconha apreendida
REPASSES
Ministro do STF dá mais um ano para Congresso regulamentar a Lei Kandir
CAPITAL
PM encontra saco com 78 quilos de maconha em terreno baldio
MEIO AMBIENTE
Duas jibóias e uma jararaca foram capturadas nesta quinta na Capital
UFGD
Trote do Bem aumenta o número de doadores de medula óssea
APOSENTADO
Sargento da PM pega 4 anos de prisão por matar mulher a tiros
DOURADOS
Guarda Mirim abre turma e recebe título de Utilidade Pública Estadual
MEC
Instituições federais de ensino de MS recebem R$ 2,61 milhões

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Prorrogadas inscrições em processo seletivo para contratação de Assistentes de Atividades Educacionais
MAIS UM
Délia exonera secretário de Saúde e adjunta assume o posto
TURISMO
Deputado "mata" trabalho para passar nove dias em peregrinação
AMAMBAI
Homem mata a ex-mulher a facadas na frente dos sete filhos