Menu
Busca Terça, 16 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221

Quenianos fazem dobradinha e dominam São Silvestre pela 8ª vez

31 Dezembro 2012 - 09h50

Na primeira Corrida de São Silvestre realizada de manhã, o resultado não teve surpresas. Como era esperado, os corredores quenianos dominaram a prova. Foi a oitava vez na história que o Quênia conseguiu uma dobradinha no masculino e no feminino.

A queniana Maurine Kipchumba, de 24 anos, foi a vencedora da prova feminina, com o tempo extraoficial de 51min44s. Ela já havia vencido também a Volta Internacional da Pampulha. Jackline Sakilu, da Tanzânia, foi a segunda colocada e a queniana Rumokol Chepkanan ficou com o terceiro lugar. A brasileira Tatiele Carvalho foi a melhor do país, em sexto.

No masculino, a prova também teve amplo domínio dos africanos, e o queniano Edwin Kipsang venceu com folga, em 44min06s. O brasileiro Giovani dos Santos chegou em quarto lugar, atrás do etíope Joseph Aperumoi, vice-campeão, e o queniano Mark Korir, terceiro colocado.

A largada da elite feminina aconteceu às 8h40 de Brasília, e teve a brasileira Marily tomando a dianteira no terceiro quilômetro. Ela forçou o ritmo na descida da rua Major Natanael e disparou na avenida Pacaembu. Mas não conseguiu manter o ritmo e acabou ficando para trás do pelotão liderado pelas quenianas Nacy Kipron e Rumokol Chepkanan.

Às 9 horas, foi a vez da largada do restante dos competidores. O brasileiro Reginaldo José da Silva disparou na frente. Mas, já no começo da descida, foi ultrapassado por Giomar Pereira da Silva. Após o Pacaembu, pelotão encabeçado pelos quenianos Mark Korir e Edwin Kipsang e o etíope Joseph Aperumoi tomou a frente.

No feminino, na altura do décimo quilômetro, a queniana Maurine Kipchumba assumiu a liderança, seguida da tanzaniana Jackline Sakilu. A partir daí, a queniana só aumentou a vantagem e terminou a prova em primeiro lugar, com um tempo três minutos mais lento que o da vencedora do ano passado, a compatriota Jeptoo Priscah.

Enquanto isso, o queniano Edwin Kipsang se desgarrava do pelotão e deixava Mark Korir para trás para se sagrar o campeão da São Silvestre e levar um prêmio de R$ 50 mil. Foi a 15ª vitória do Quênia na prova masculina da São Silvestre.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Prefeitura de Dourados paga na quinta-feira, mais uma parte do funcionalismo público
Pagamento é referente ao mês de dezembro
ROUBO
Menor é apreendido por furto e outros dois jovens por receptação
O adolescente indicou os outros comparsas no crime
LUTO
Ambulância quebra e por falta de UTI, gêmeos morrem na fronteira
SACO PLÁSTICO
Suspeitos de abandonar feto de 6 meses são ouvidos pela polícia
INFRAESTRUTURA
Governo investirá mais de R$ 1,5 mi em ruas de Ladário, Caarapó e Ponta Porã
BOLSA DE ESTUDO
Inscrições para o ProUni 2018 começam no dia 6 de fevereiro
FUTEBOL
“Douradão” está pronto para receber jogos do Sete e do Operário
PARQUE DOS PODERES
Veículo capota e deixa dois feridos nesta manhã
As vítimas estavam sem documentos e não foram identificadas
RADICAL
Reinaldo propõe fechar a fronteira contra tráfico de drogas e armas
MANUTENÇÃO
Sanesul informa interrupção de fornecimento de água em Indápolis

Mais Lidas

TRÊS LAGOAS
Mulher é morta pelo marido com tiro nas costas na frente da filha
OUSADIA
Polícia e agentes abatem drone que sobrevoava penitenciária em Dourados
POLÍCIA
Operações da Polícia Militar levam 29 pessoas às delegacias de Dourados
ARAL MOREIRA
Jovem de 21 anos é assassinado com tiros de escopeta na fronteira