Menu
Busca quarta, 20 de junho de 2018
(67) 9860-3221

Quenianos fazem dobradinha e dominam São Silvestre pela 8ª vez

31 dezembro 2012 - 09h50

Na primeira Corrida de São Silvestre realizada de manhã, o resultado não teve surpresas. Como era esperado, os corredores quenianos dominaram a prova. Foi a oitava vez na história que o Quênia conseguiu uma dobradinha no masculino e no feminino.

A queniana Maurine Kipchumba, de 24 anos, foi a vencedora da prova feminina, com o tempo extraoficial de 51min44s. Ela já havia vencido também a Volta Internacional da Pampulha. Jackline Sakilu, da Tanzânia, foi a segunda colocada e a queniana Rumokol Chepkanan ficou com o terceiro lugar. A brasileira Tatiele Carvalho foi a melhor do país, em sexto.

No masculino, a prova também teve amplo domínio dos africanos, e o queniano Edwin Kipsang venceu com folga, em 44min06s. O brasileiro Giovani dos Santos chegou em quarto lugar, atrás do etíope Joseph Aperumoi, vice-campeão, e o queniano Mark Korir, terceiro colocado.

A largada da elite feminina aconteceu às 8h40 de Brasília, e teve a brasileira Marily tomando a dianteira no terceiro quilômetro. Ela forçou o ritmo na descida da rua Major Natanael e disparou na avenida Pacaembu. Mas não conseguiu manter o ritmo e acabou ficando para trás do pelotão liderado pelas quenianas Nacy Kipron e Rumokol Chepkanan.

Às 9 horas, foi a vez da largada do restante dos competidores. O brasileiro Reginaldo José da Silva disparou na frente. Mas, já no começo da descida, foi ultrapassado por Giomar Pereira da Silva. Após o Pacaembu, pelotão encabeçado pelos quenianos Mark Korir e Edwin Kipsang e o etíope Joseph Aperumoi tomou a frente.

No feminino, na altura do décimo quilômetro, a queniana Maurine Kipchumba assumiu a liderança, seguida da tanzaniana Jackline Sakilu. A partir daí, a queniana só aumentou a vantagem e terminou a prova em primeiro lugar, com um tempo três minutos mais lento que o da vencedora do ano passado, a compatriota Jeptoo Priscah.

Enquanto isso, o queniano Edwin Kipsang se desgarrava do pelotão e deixava Mark Korir para trás para se sagrar o campeão da São Silvestre e levar um prêmio de R$ 50 mil. Foi a 15ª vitória do Quênia na prova masculina da São Silvestre.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Estagiária tem carteira levada por bandidos ao sair do Hospital da Vida
GERAL
IEL promove aula inaugural do PQF 2018 na Capital e outros dois municípios
OLIMPÍADA DO CONHECIMENTO
Senai do Estado prepara equipes para seletivas Mundial das Profissões na Rússia
COMPLICAÇÃO APÓS CIRURGIA
Juiz aposentado e ex-diretor da Agepen, Ailton Stropa, morre em São Paulo
CAMPEONATO
Dois jogos fecham 3ª rodada do Sub-17 nesta quarta-feira
Em Dourados no estádio da Leda, o Operário AC recebe o Ivinhema
DOURADOS
Adolescente apresenta RG falso, mas acaba preso com maconha em mala
ORDEM DO DIA
Deputados devem analisar dois Projetos de Lei nesta quarta-feira
DOURADOS
Homem é flagrado nu sobre menina de 7 anos
TELEVISÃO
Vinícius não consegue reproduzir prato de Paola e é eliminado do Masterchef
DESCAMINHO
Polícia apreende três veículos com roupas contrabandeadas do Paraguai

Mais Lidas

DOURADOS
Dupla é presa por tentativa de homicídio contra vendedor de espetinhos
TRAGÉDIA
Vítimas fatais de acidente na BR-262 são identificadas
FRONTEIRA
Pecuarista é executado a tiros durante emboscada
DEFRON
Traficante condenado a mais de 12 anos é preso em Dourados