Menu
Busca quinta, 12 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
BRASIL

Projeto exige laudo psicológico para soltura de agressor de mulheres

09 outubro 2019 - 14h20Por Agência Brasil

A revogação da prisão preventiva de agressor de mulheres deverá, obrigatoriamente, ter um laudo psicológico. É o que prevê o PLS 423/2018, da senadora Kátia Abreu, aprovado em caráter terminativo nesta quarta-feira (9) pela Comissão e Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Se não houver recurso para apreciação do plenário da Casa, a proposta segue para análise da Câmara dos Deputados.

O texto altera a Lei Maria da Penha (Lei 11.340, de 2006) para também exigir o laudo para a liberação do agressor preso em flagrante, independentemente de o juiz ter fixado o pagamento de fiança. A avaliação psicológica deve estimar a possibilidade de reincidência do acusado na prática de agressão contra mulheres.

O relator da proposta, senador Otto Alencar (PSD-BA), ao defender a medida, disse que a revogação da prisão não deve funcionar como um salvo-conduto para a prática de novos crimes. “A agressão contra a mulher é um absurdo, e a covardia sempre vem com recidiva, e o agressor volta a incidir no erro. Para inibir esse ato covarde, nada melhor que fazer o laudo para verificar o grau de probabilidade de o agressor cometer esses atos que devem ser punidos com o rigor da lei”, disse Otto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Deputados aprovam Plano Plurianual e outras 21 matérias
SUL DE MS
Operação desarticula quadrilha, apreende armas, drogas e dinheiro
NAS AREIAS
Atletas de 4 municípios disputam o reinado do beach tennis no MS
MATO GROSSO DO SUL
Projeto de Marçal sobre acompanhamento domiciliar a pacientes com câncer vai à sanção
BRASIL
Bolsonaro sanciona lei que aumenta limite do saque imediato do FGTS
DOURADOS
Pré-matrícula na Rede Municipal vai até dia 23 de dezembro
ALMS
Rotary Club de Maracaju pode ser declarado de utilidade pública
FUTEBOL
Times de MS conhecem adversários na Copa do Brasil
TERCEIRA EDIÇÃO
Festival de Ginástica Artística encerra atividades do projeto 'Ginaslouquinhos'
REGIÃO
PMA aplica multa de R$ 25 mil após constatar degradação em APP

Mais Lidas

CAARAPÓ
Homem é assassinado a golpes de faca após discussão em bar
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi
GRANDE DOURADOS
Quadrilha especializada em roubo de caminhonetes é desarticulada e seis são presos
FURTO
Polícia recupera objetos e fecha ponto de receptação em Dourados