Menu
Busca segunda, 30 de março de 2020
(67) 9860-3221

Projeto Escola Ideal será lançado amanhã em Brasília

09 dezembro 2003 - 13h17

Amanhã, dia 10 de dezembro, em Brasília será lançado o projeto Escola Ideal, do Ministério da Educação. A solenidade marcada para as 8 horas conta com a presença do deputado federal, Antônio Carlos Biffi do Ministro Cristovam Buarque e do presidente em exercício José de Alencar. Biffi foi o principal articulador para que Mato Grosso do Sul fosse incluído no projeto que vai atender os 100 municípios mais carentes do Brasil.Com o lançamento, fica autorizado o repasse de R$ 6, 8 milhões para os municípios de Tacuru, Corguinho e Douradina. Para 2004 a cidade de Japorã também será beneficiada com o projeto. A contrapartida do Estado será de 1% do valor referido. Em Tacuru a instituição incluída é a Escola Estadual Cleto de Moraes Costa que atende, aproximadamente, 1.350 alunos. Nela será realizada a ampliação da sala de leitura, do refeitório, da cozinha e do laboratório de informática. Além disso, vai acontecer a reforma do muro e a construção de banheiros. Também fará parte do projeto uma escola municipal.Douradina vai receber investimentos na ordem de R$ 1,8 milhão. O recurso vai ser empregado na reforma, ampliação das quatro escolas públicas da zona urbana e a construção de um prédio para os alunos das duas escolas indígenas que hoje funcionam na aldeia do município.A verba vai ser investida também na compra de equipamentos de informática e eletrodomésticos para creche. Além da rede física o projeto contempla também a capacitação de professores, uma bolsa-auxílio vai ser destinada para que eles possam fazer cursos de reciclagem profissional  Na opinião da Secretária de Educação do Município, Sueli Aparecida de Azevedo Narciso, o período vivido na cidade é uma conquista muito grande. “Às vezes pensamos que estamos sonhando. Outros municípios estão tentando e nós conseguimos”. A secretária reconhece o esforço do deputado Biffi para incluir  Douradina no projeto. “O deputado é muito atuante e foi atrás para que a cidade estivesse no Escola Ideal”. Esse tipo de demonstração segundo ela, significa que vale a pena investir em Educação pois, no caso de Douradina o projeto está  mudando a perspectiva de vida dos moradores.Em Corguinho a previsão é que sejam destinados R$ 1,2 milhão, só na primeira etapa do projeto, que se refere à reforma, ampliação em sete escolas. “O projeto significa um avanço de 20 anos para a educação no município”, disse o prefeito Celsio Antônio Cerioli.O Escola Ideal terá início no começo de 2004 e prevê, entre outras ações para elevar a qualidade da educação nesses municípios, repasse de recursos para capacitação e melhor remuneração dos professores e reformas e aparelhamento das escolas.O deputado Biffi reafirma o compromisso com o projeto Escola ideal e diz que no próximo ano continuará tentando viabilizar recursos que tragam a valorização dos educadores e garantam qualidade de ensino em Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARANHOS
Jovem é preso na fronteira com tabletes de maconha em moto
BENEFÍCIO
Inscrições para seleção de Bolsistas de Extensão terminam nesta segunda
NOVA ANDRADINA
Motociclista perde controle em rotatória e morre após bater em poste
SEU BOLSO
Prazo para saque imediato de até R$ 998 do FGTS terminam amanhã
AMAMBAI
Ciclista morre no hospital após ser atropelada por veículo em cruzamento
TEMPO
Segunda-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
SAÚDE
Covid-19: número de mortes no Brasil sobe para 136
COVID-19
Estado confirma mais cinco casos de coronavírus; Dourados segue com dois
INTERNACIONAL
Novo embaixador dos Estados Unidos chega ao Brasil
MATO GROSSO DO SUL
Bombeiros fazem alerta para aumento de 133% na quantidade de incêndios

Mais Lidas

COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Estado avisou sobre contato entre douradense e morador da Capital com Covid-19
AQUIDAUANA
Quatro homens são autuados em R$ 10,4 mil por pesca predatória em MS