Menu
Busca terça, 25 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Professora faz sexo com 5 estudantes em 2 meses e é presa

18 maio 2011 - 11h52

Uma professora foi presa na segunda-feira (16) em Kennedale, no estado do Texas (EUA), acusada de manter relações sexuais com cinco estudantes maiores de idade entre abril e maio de 2011, segundo reportagem da emissora de TV "Fox".

Brittni Colleps, de 27 anos, começou a ser investigada depois que boatos sobre as aventuras sexuais da professora começaram a circular na escola. A direção da escola chamou a polícia. Ela foi detida por manter relações inapropriadas com os estudantes.

As leis locais proíbem os professores de ter relações sexuais com estudantes, não importa qual seja sua idade. Brittni Colleps foi levada para a cadeia e liberada depois de pagar uma fiança de US$ 125 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
CCZ mantém campanha de vacinação antirrábica
BRASIL
Consignado com garantia do FGTS estará disponível a partir de amanhã
DOURADOS
Estagiários aprovados em processo seletivo são convocados no HU
CULTURA
Artistas douradenses rifam "Fusca Raimundo" para poder equipar teatro
NO SUL DO BRASIL
Parque Nacional Aparados da Serra, no Rio Grande do Sul, pode ser opção para a próxima viagem
EDUCAÇÃO
IFMS segue com inscrições abertas para cursos técnicos integrados ao ensino médio
São 1.350 vagas em nove opções de cursos gratuitos ofertados pelo IFMS. Interessados devem se inscrever pela internet até 5 de novembro.
HOMENS
Você está pronto para usar o “macaquinho” masculino?
BRASILEIRÃO
Fortaleza encara o São Bento podendo abrir larga vantagem na Série B
COXIM
Polícia apreende redes e anzóis de galho no Rio Taquari
DIÁRIO OFICIAL
PM preso há 13 anos com 3t de maconha é expulso da corporação

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescente é encontrado baleado na rua e morre no HV
DOURADOS
Justiça mantém flagrante, mas concede liberdade a suspeita de alterar cena do crime
FÁTIMA DO SUL
Acidente envolvendo três veículos mata motociclista na MS-376
VIOLÊNCIA URBANA
Motorista de Uber é assaltada durante corrida em Dourados