Menu
Busca domingo, 20 de maio de 2018
(67) 9860-3221
BANNER CORPAL TOPO SITE

Produtos orgânicos chegam a apenas 27% dos supermercados

06 junho 2011 - 07h50

De cada R$ 100 vendidos pelos supermercados brasileiros, apenas R$ 0,54 são lucrados com a venda de produtos orgânicos, de acordo com dados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Mas a demanda está crescendo. Até alguns anos poucos varejistas investiam na comercialização dos itens. Atualmente os alimentos orgânicos estão presentes nas prateleiras de 27% dos supermercados do país. O aumento da demanda por produtos orgânicos beneficia principalmente os pequenos empresários.



Segundo dados da Associação Brasileira de Orgânicos (Brasilbio), que reúne os produtores, processadores e certificadores, 80% dos produtores de orgânicos no país são agricultores familiares. Em todo o Brasil há 90.497 empreendedores que produzem os alimentos sem agrotóxicos, segundo o Censo Agropecuário 2006, último levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia de Estatística (IBGE).



Os pequenos são os que mais lucram com o aumento do faturamento do setor. Segundo a Brasilbio, em 2011 os produtores devem faturar 40% acima dos R$ 500 milhões registrados no ano passado. A expectativa é chegar a R$ 700 milhões neste ano. “O volume ainda é baixo, mas este é um movimento novo, com tendência a crescer muito. E quem mais lucra são os pequenos. A maioria dos produtores no Brasil são agricultores familiares que vendem para grandes varejistas e atacadistas”, afirma o presidente da Brasilbio, José Alexandre Ribeiro.



Uma das primeiras redes brasileiras a investir na alimentação sem agrotóxicos, o Grupo Pão de Açúcar comercializa orgânicos há 15 anos e atualmente conta com cerca de 130 fornecedores em todo o país. Nas prateleiras há mais de 300 produtos disponíveis. No ano passado a rede vendeu R$ 75 milhões em produtos orgânicos e a expectativa é que as vendas cresçam entre 30% e 40% em 2011. “Há 10 anos somente verduras e legumes estavam disponíveis nas lojas. Hoje, além dos itens in natura, temos carne, massas, molhos e todos os componentes para uma refeição completa e saborosa”, afirma a gerente de orgânicos do Grupo Pão de Açúcar, Sandra Caires Sabóia.



Produtora há 25 anos de alimentos orgânicos, a Fazenda Malunga, localizada a 70 quilômetros de Brasília, viu todo o avanço do mercado. No início, ela e o marido, Joe Carlo Viana, vendiam a produção em uma feira semanal realizada na Universidade de Brasília (UnB). A mercadoria era transportada no porta-malas do carro. Atualmente fornecem para 60 supermercados de Brasília e de Goiânia, além de fazerem entregas diárias a 200 domicílios. Por dia, são mais de 1 mil caixas de legumes e verduras. O número de funcionários saltou de 12, em 2001, para 220. “A demanda cresceu mesmo foi nos últimos 10 anos. Os supermercados abriram mais espaços para os produtos agrícolas porque o consumidor está pedindo por estes produtos”, afirma a proprietária da marca, Clezane Ribeiro Pereira.



Com o objetivo de gerar visibilidade e disseminar os benefícios dos alimentos produzidos sem agrotóxicos, o Ministério da Agricultura, em parceria com o Sebrae e diversas outras instituições, está promovendo até o próximo dia 5 de junho a 7ª Semana dos Alimentos Orgânicos. O tema da edição deste ano é “Produtos Orgânicos – ficou mais fácil identificar”, com foco na divulgação do selo Produto Orgânico Brasil, que ajuda os consumidores a identificar esses produtos, e da Declaração de Cadastro do Agricultor Familiar, ambos instituídos pelo ministério.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIA DE SORTE
Primeiro concurso de nova loteria sai para apostador do PR
DEMANDA
Procura por vacina contra a gripe aumenta 142% em Dourados
FRONTEIRA
Identificado homem executado em 'favelinha'
ESTADUAL SUB-17
Operário vence Novo e Náutico massacra Maracaju
ABUSOS
Audiência mostra números preocupantes de violência e exploração sexual de menores em MS
ELEIÇÕES
Vinte milhões de venezuelanos vão às urnas neste domingo
ELEIÇÕES 2018
Pré-candidato à presidência desembarca amanhã em MS
BRASILEIRÃO
Clássico "san-são" e outros cinco jogos pela 6ª rodada
BATAGUASSU
Homem é encontrado desacordado, nu e ferido após ter casa invadida
PONTA PORÃ
Imagens de satélite denunciam e fazendeiro é multado em R$ 21 mil por desmatamento ilegal

Mais Lidas

FRONTEIRA
Homem é executado por pistoleiros em "Favelinha" de Ponta Porã
PARAGUAI
Homem é enforcado e tem corpo abandonado em estrada vicinal
AMAMBAI
Polícia apreende mais de três toneladas e maconha na fronteira
DOURADOS
Polícia civil de Dourados registra quatro assaltos em 24 horas