Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Presidente do Senado desiste de votar reforma da Previdência esta semana

09 setembro 2019 - 20h50Por Agência Brasil

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, desistiu de tentar votar esta semana a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que trata da reforma da Previdência. Ao sair do Palácio do Planalto, onde visitou o presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, Alcolumbre afirmou que a votação em primeiro turno da reforma deverá ficar para a próxima semana.

“Como não há consenso em relação a gente tentar antecipar esse calendário, eu vou seguir o que está comprometido que é o acordo com os senadores, [de votar] na outra semana, para cumprir as cinco sessões”, disse após o que chamou de “visita de cortesia” a Mourão.

Na semana passada, após a aprovação do relatório da PEC na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, o presidente da Casa manifestou a vontade de firmar um acordo entre os líderes para votar o texto em primeiro turno sem o cumprimento do prazo mínimo de cinco sessões de discussão. Mas a oposição não se mostrou disposta a fechar acordo para acelerar a votação da reforma da Previdência.

“A sinalização que há é que alguns líderes estão insistindo que a gente cumpra um calendário. Eu fiz acordo com os líderes para um calendário de debates. Amanhã é a sessão temática no plenário do Senado. Há esse sentimento de a gente cumprir esse calendário”, acrescentou Alcolumbre. Ainda assim, a votação na próxima semana não está confirmada. Ele tentará um acordo na reunião de líderes amanhã (10) para confirmar o dia da votação. Inicialmente, o calendário previa a votação em primeiro turno apenas no dia 24 de setembro.

Para amanhã, está marcada uma sessão temática para discutir a Previdência, no plenário do Senado. Está prevista a participação secretário especial de Previdência, Rogério Marinho, do ex-ministro da Previdência Social Ricardo Berzoini e do economista Paulo Tafner. Mesmo sem ter certeza da data de votação em primeiro turno, Alcolumbre está confiante em votar a matéria em segundo turno no dia 10 de outubro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEFESA
Major que atirou na cabeça do ex-namorado tinha medida protetiva
OPERAÇÃO LOBO GUARÁ
UEMS é selecionada para participar do Projeto Rondon em 2020
CAPITAL
Diarista cai em buraco na calçada, machuca perna e fica sem trabalhar
STF
Ex-sócio da Telexfree é preso pela PF e pode ser extraditado aos EUA
TRÊS LAGOAS
Técnico de enfermagem apanha em UPA e aciona a polícia
SAÚDE
Brasil monitora apenas um caso suspeito do novo coronavírus
NAVIRAÍ
Por dinheiro, policial facilitava entrada de celulares e droga em presídio
POLÍTICA
Nelsinho Trad oficializa pedido para reativar Parlamento Amazônico
CAMPO GRANDE
Durante discussão, major da PM atira contra o ex-namorado
TENTATIVA
Petroleiros suspendem greve após 20 dias para negociar acordo

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia