Menu
Busca quarta, 12 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

Presidente da CBF recebe pensão vitalícia do governo, diz jornal

26 dezembro 2012 - 16h15

Cerca de 266 ex-deputados ou dependentes recebem pensão vitalícia da assembleia legislativa que variam de R$ 7.515 a R$ 18.725 pagos pelo governo do Estado de São Paulo, informou o jornal O Estado de S.Paulo nesta quarta-feira. Dentre os beneficiários estão dois ex-ministros, um ex-governador, um conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), uma viúva de governador, a madrasta de um senador e até o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O Estado gasta cerca de R$ 33 milhões anuais com as pensões.

Segundo o jornal, a pensão vitalícia foi insituída em 1976 e encerrada em 1991, mas aqueles que contribuíram com ela têm os direitos preservados. Dentre os beneficiários ilustres estão o presidente da CBF, José Maria Marin, pois já foi deputado estadual em duas ocasiões; a madrasta do senador Aloysio Nunes (PSDB), que herdou o valor do pai do senador e o ex-governador Alberto Goldman (PSDB).

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUROS
Copom mantém taxa Selic em 6,5% ao ano pela sexta vez seguida
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda com alívio das tensões comerciais no exterior
GOIÁS
MP pede prisão de João de Deus após denúncias de abuso sexual
CLIMA
Ventania levanta "nuvem de poeira" em Dourados
BRASIL
Temer sanciona lei que destina verba de loterias para segurança
ENCONTRO
Reinaldo entrega documento a Moro com 21 propostas para segurança do País
ASSEMBLEIA
Deputado propõe frente para proteção das unidades de conservação ambientais de MS
NOVO GOVERNO
Murilo e Geraldo são cotados para assumir secretarias no governo Azambuja
CONCAFRAS
Dourados será sede do maior evento de formação de voluntariado de MS
SÃO PAULO
Catedral de Campinas celebra missa em homenagem às vítimas de ataque

Mais Lidas

DOURADOS
Contador e esposa são presos na segunda fase da Operação Pregão
TRAGÉDIA
Neto matou avó com duas facadas nas costas
TRAGÉDIA EM ITAPORÃ
Antes de assassinato, menor discutiu com a avó porque queria vir para Dourados
DOURADOS
Polícia prende acusado de agredir e esfaquear idosa em assalto