Menu
Busca sábado, 24 de agosto de 2019
(67) 9860-3221

Preço maior na produção de energia não compromete desconto na conta de luz a partir de fevereiro

08 janeiro 2013 - 17h10

O secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, disse hoje (8) que o custo pela utilização das usinas termoelétricas não vai comprometer a redução de 20% no preço da conta de luz. A produção da energia termoelétrica custa mais caro do que a gerada por hidrelétrica, mas não afeta o desconto previsto para começar a ser aplicado a partir de fevereiro. O preço menor é determinação da Medida Provisória 579.

Zimmerman disse que a reunião do Conselho de Monitoramento do Setor Elétrico, marcada para amanhã à tarde, está prevista no calendário anual do Ministério, e que nada justificaria uma convocação extraordinária. Mesmo assim, ele admite que deverá analisar o problema provocado pela falta de chuva.

O secretário executivo garantiu que não falta combustível para abastecer as usinas termoelétricas - carvão, gás natural e óleo. Segundo ele, a Petrobras providenciou o abastecimento de combustível de uma usina em Uruguaiana (RS). Lá, o problema ocorreu por causa de uma questão logística.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Encceja: candidatos com dificuldade de acesso podem ligar para 0800
BRASILEIRÃO
Bahia bate Galo em Minas na abertura da 16ª rodada
MOVIMENTO
Manifestantes vão à Praça Antônio João em ato contra queimadas
DOURADOS
Arraiá da Uems segue hoje na Praça Antônio João
PARQUE DOS JEQUITIBÁS
Homem é flagrado pela Guarda com cachimbo, crack e cocaína
JARDIM CARIOCA
Polícia identifica e prende acusado de atacar mulheres em bairro da Capital
LOTERIA
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 35 milhões neste sábado
CAMPO GRANDE
Adolescente é apreendido após matar idoso a facadas
POLÍCIA
Mulheres são presas por tráfico em Dourados
FUTEBOL
Dois jogos abrem hoje a 16ª rodada do Brasileirão

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher tem dedo amputado após empilhadeira a atingir enquanto fazia compras
DOURADOS
VÍDEO: Guarda agride rapaz em abordagem na UPA e corregedoria abre inquérito para apuração
VALE QUANTO?
Peritos imobiliários avaliam Douradão para venda ou aluguel a pedido da prefeitura
VIOLÊNCIA
Bandidos encapuzados invadem casa no Santo André e agridem idoso a coronhadas