Menu
Busca quinta, 16 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
BRASIL

Polícia Federal leva malotes do gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima

16 outubro 2017 - 12h05Por Agência Brasil

Depois de quatro horas de trabalho, policiais federais deixaram hoje às 10h45 o gabinete do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), na Câmara, onde realizaram operação de busca e apreensão, a pedido da Procuradoria-Geral da República.

O parlamentar é irmão do ex-deputado e ex-ministro Geddel Vieira Lima, que está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. Geddel é suspeito de ser dono de R$ 51 milhões encontrados em um apartamento em Salvador.

O gabinete de Lúcio é o de número 612 e fica no Anexo 4 da Câmara. Servidores do Congresso Nacional que viram os policiais federais deixando o prédio disseram que eles levavam malas e malotes com material apreendido.

Mesmo depois da saída dos policiais federais, o gabinete do parlamentar permanece fechado e não se sabe se ele está em Brasília, Salvador ou em outra cidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ANDRADINA
Jovem é preso ao invadir casa e tentar disfarçar chamando o dono
BRASIL
PGR tenta acelerar julgamento de registro de Lula no TSE
SENTENÇA
Acusado de matar delegado aposentado é condenado a 18 anos de prisão
CAMPO GRANDE
General que passou por Dourados assume o Comando Militar do Oeste
ELEIÇÕES 2018
TSE registra mais de 23 mil candidatos às eleições de outubro
PESCA PREDATÓRIA
Homem é preso com petrecho ilegal e pescado abaixo da medida
MÚSICA
Morre aos 76 anos Aretha Franklin, a "rainha do soul"
FAMOSOS
Britney Spears é condenada a pagar 100 mil dólares ao ex-marido
BR-463
Trio suspeito de assaltar padre de Dourados é preso no Capey
LOTERIA
Mega pode pagar R$ 7,5 milhões em segundo sorteio da semana

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é encontrado morto dentro de veículo estacionado em acostamento
DOURADOS
Bebê de oito meses é internado no HU e polícia investiga suspeita de agressão
ALDEIA BORORÓ
Mãe denuncia o próprio filho após descobrir roubo de moto em Dourados
DOURADOS
Uno tomba após colisão com Ônix no Jardim Girassol