Menu
Busca terça, 21 de maio de 2019
(67) 9860-3221
LAVA JATO

PGR cobra de Delcídio parcela de R$ 85 mil do acordo de delação

25 abril 2019 - 18h35Por G 1

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu que o Supremo Tribunal Federal (STF) cobre uma parcela vencida de R$ 85 mil na multa imposta ao ex-senador Delcídio do Amaral no acordo de delação premiada na Operação Lava Jato.

Segundo Dodge, a multa fixada no acordo foi de R$ 1,5 milhão, a serem pagos entre 2017 e 2025, conforme plano de pagamento apresentado por Delcídio. Cada prestação vence no dia 30 de setembro de cada ano.

No parecer apresentado na semana passada e digitalizado no processo nesta semana, a procuradora afirmou que primeiro pagamento foi efetivado com atraso, em 6 de outubro de 2017, mas, segundo ela, a segunda parcela que tem valor R$ 85 mil está em aberto.

"Requeiro a intimação do colaborador para que proceda ao pagamento da referida parcela", pediu Dodge ao ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, que validou a delação premiada.

Prestação de serviços à comunidade

No mesmo parecer, Dodge também opinou contra um pedido da defesa para substituir a pena de prestação de serviços à comunidade em pagamento de multa.

A defesa argumentou que a Justiça estipulou trabalho em entidade de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, mas que ele vive na zona rural de Corumbá e só vai a Campo Grande a cada 15 dias, o que impossibilitaria o cumprimento da prestação de serviço.

Na opinião da procuradora, deve ser alterado o local do trabalho para Corumbá.

"Verifica-se que a prestação de serviços à comunidade deverá ser feita em entidade designada pelo órgão judicial federal competente. O acordo não prevê qual será a entidade beneficiária, ou sua localidade. (...) Entendo que a solução adequada ao caso não é a sua substituição pela prestação pecuniária, mas sim a alteração do local onde será prestado os serviços à comunidade."

Fachin também deverá decidir sobre a questão, mas não há prazo para isso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Duas chapas concorrem às eleições da Aced
PREVENÇÃO
Empresas esclarecem riscos e medidas preventivas relacionados às barragens de mineração em Corumbá e Ladário
CULTURA
Festival de Inverno de Bonito 2019 terá shows com Gal Costa, Lenine e Chrystian e Ralf
ECONOMIA
Brasil e China chegam a acordo sobre contencioso do açúcar
DOURADOS
Bancários recolhem assinatura contra a Reforma da Previdência em frente a agências nesta quarta
GOVERNO DO ESTADO
Chamamento Público com R$ 2,3 milhões divulga propostas aprovadas
TRÁFICO
Polícia apreende mais de 100kg de drogas em veículo no Sul do Estado
DOURADOS
Presos fazem motim na PED em ala ocupada por membros de facção criminosa
LEGISLATIVO
Assembleia aprova lei que proíbe homenagem a torturadores em MS
COMER BEM
Como fazer a salada de frutas perfeita: 11 dicas para arrasar na receita

Mais Lidas

ITAPORÃ
PM da reserva morre em acidente próximo a ponte do Rio Santa Maria
DOURADOS
Comissão vota contra o próprio parecer e Idenor se salva de cassação
EDUCAÇÃO
Inscrições do Encceja 2019 começam nesta segunda-feira
DOURADOS
Ex-líder da prefeita Délia Razuk é alvo de pedido de cassação