Menu
Busca quarta, 19 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
J & F

PF faz operação para recolher provas relacionadas à prisão de executivos

11 setembro 2017 - 09h19

Agentes da Polícia Federal estão cumprindo hoje (11) cinco mandados de busca e apreensão, sendo quatro em São Paulo e um no Rio de Janeiro, na Operação Bocca, relacionada à prisão do empresário Joesley Batista, do grupo J&F, e do executivo da empresa, Ricardo Saud.

Ambos estão desde ontem (10) na sede da superintendência da PF em São Paulo e devem ser transferidos para Brasília até o início da tarde.

Essa operação ocorre em cumprimento à ordem judicial expedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, que acolheu o pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de prisão temporária de Joesley Batista e Saud.

O nome "Bocca" refere-se a "Bocca della Verità", cuja característica é seu papel como detector de mentiras. "Desde a Idade Média, acredita-se que se alguém contar uma mentira com a mão na boca da escultura, ela se fecharia 'mordendo' a mão do mentiroso", diz a nota da PF.

As prisões foram motivadas pela constatação de Janot de que houve omissão de informações por parte dos delatores, ao receber um áudio de quatro horas de uma conversa dos executivos da J&F Joesley Batista e Ricardo Saud, que mencionavam o ex-procurador da República Marcelo Miller.

Também foi feito o pedido de prisão temporária de Miller, mas Fachin avaliou que não há elemento indiciário suficiente para tal procedimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMPREGO
Governo lança consulta para ouvir sociedade sobre futuro do trabalho
FISCALIZAÇÃO
Agência interdita sete aeronaves de MS por irregularidade
COMBUSTÍVEL
Preço do GLP industrial terá aumento de 5% a partir de amanhã
AVALIAÇÃO
Juiz autoriza laudo de sanidade mental para agressor de Bolsonaro
SEXTA-FEIRA
Noite de homenagens marca o Dia do Administrador em Dourados
POLÍCIA
Veículo roubado é recuperado pela PRF com menor na direção
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para o Mestrado em Ensino em Saúde
CORUMBÁ
Foragido que se passava por policial federal é preso Bolívia
CAARAPÓ
Vereador assumirá município no lugar de prefeito cassado
JUSTIÇA
Famasul não tem legitimidade para impedir demarcação de terras

Mais Lidas

DOURADOS
Colisão frontal mata passageiro de caminhonete e deixa três pessoas feridas
DOURADOS
Idoso encontrado morto na pedreira foi vítima de latrocínio
MS-164
Trio é flagrado com mais de 1t de maconha no Copo Sujo
DOURADOS
Homem esfaqueado pelo filho morre no Hospital da Vida