Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221
ECONOMIA

Petrobras vai segurar preço da gasolina até valor do petróleo se acomodar

16 setembro 2019 - 20h05Por G 1

A Petrobras decidiu segurar o preço da gasolina, do diesel e dos demais derivados de petróleo até o preço do petróleo se acomodar no mercado internacional.

Desde o domingo, dia 15 de setembro, os preços internacionais do petróleo passaram a registrar forte alta após duas grandes instalações serem atacadas na Arábia Saudita.

A decisão da Petrobras é aguardar até que se tenha informações mais seguras sobre quanto tempo será necessário para normalizar a produção.

A expectativa é que os preços continuem voláteis nos próximos dias. A Petrobras vai segurar os preços sem que isso afete a rentabilidade.

A empresa faz a chamada "hedge" (proteção contra a variação de preços) para evitar que se repasse ao consumidor a variação toda vez que também houver variação das cotações no mercado internacional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Motorista fica preso nas ferragens após colisão entre caminhões na BR-262
MEIO AMBIENTE
Bachelet critica 'retrocessos significativos' na política ambiental no Brasil
NA FRONTEIRA
Moradora de rua tem parte do corpo queimado em incêndio criminoso
INFECÇÃO VIRAL
Casos suspeitos de coronavírus no Brasil saltam de 20 para 132, diz governo
MAIS DE 30KG
Maconha que seria entregue no Paraná é apreendido em Caarapó
LOTERIA
Veja os números sorteados na Mega-Sena; prêmio é de 200 milhões
CAPITAL
Polícia investiga estupro de mulher em terreno baldio
ECONOMIA
Reabertura dos EUA para carne brasileira é oportunidade para MS
PONTA PORÃ
Homem é executado com tiros de metralhadora na fronteira
PAGAMENTO
Salários de servidores estaduais serão pagos no próximo sábado

Mais Lidas

MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar
INVESTIGAÇÃO
Ex-prefeito de Amambai foi morto após discussão por desacordo trabalhista
PONTA PORÃ
Estado monitora caso suspeito de Coronavírus na fronteira