Menu
Busca Quarta, 17 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Corpal - Dezembro 2017

Pesquisa traça novo perfil na busca do jovem pela carreira

28 Dezembro 2012 - 09h49

###Assessoria

Na hora de escolher o local para estagiar ou trabalhar, qual é o principal critério dos jovens? Para responder a essa pergunta, o Núcleo Brasileiro de Estágios – Nube, realizou a pesquisa “O que é mais importante em sua carreira?”, ouvindo estudantes de todo o país e descobriu algumas curiosidades.

A análise feita entre os dias 10 e 21 de dezembro, contou com a participação de 4.834 internautas. As opções eram “Ter sucesso e reconhecimento”, “Estabilidade profissional”, “Uma profissão capaz de ajudar as pessoas”, “Atuar em uma empresa socialmente responsável” e “Ter um bom salário e benefícios”.

A opção campeã foi “Ter sucesso e reconhecimento”, com 39,35%. Para Lizandra Bastos, pedagoga e analista de treinamento do Nube, a alternativa foi a mais votada, pois contempla elementos de papel relevante do indivíduo no meio onde vive. “A carreira está associada a diversos aspectos fundamentais, como a satisfação das necessidades psicológicas (autoestima e identidade). Sendo assim, as pessoas buscam a própria realização”, explica.

Depois, com 22,67%, ficou “Estabilidade profissional”. Segundo Lizandra, esse resultado é uma consequência da atual velocidade do mercado de trabalho. “Diariamente, novas necessidades surgem e modificam as relações trabalhistas. Esse cenário favorece a busca por segurança onde o profissional atua”, afirma.

Em seguida, veio “Uma profissão capaz de ajudar as pessoas”, com 18,62%, e “Atuar em uma empresa socialmente responsável”, com 9,87%. Diante de um mundo globalizado e com problemas visíveis no meio ambiente, é constatada pelos votos, a preocupação dos jovens em promover uma mudança positiva no mundo, buscando um papel atuante e relevante na sociedade.

Por fim, “Ter um bom salário e benefícios” terminou a pesquisa com 9,5%. A especialista nos explicou o motivo. “Isso reflete o momento socioeconômico do país e a crescente busca por informação e aprendizado da população”, diz Lizandra. E completa: “A última alternativa é chamada de ‘necessidade elementar’. Ela já deixou de ser uma preocupação eminente. Hoje, as pessoas buscam aceitação e satisfação com seu trabalho”.

De maneira geral, há uma preferência pela “busca intelectual” quando a pessoa escolhe onde estagiar ou trabalhar. “O jovem tem o anseio de crescer profissionalmente e atingir seu sucesso. Para isso, reconhecimento e a elevação da autoestima são extremamente importantes. O salário e o benefício são consequências”, avalia Lizandra.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TELEVISÃO
'BBB18': público só salvará um membro da família confinada
TRÊS LAGOAS
Engenheiro que matou esposa e cometeu suicídio será sepultado no RJ
OBRA SEM FIM
Estado aguarda MPE e TCE para conclusão do Aquário do Pantanal
FUTEBOL
Fim de uma era! Irmão de Ronaldinho confirma aposentadoria do craque
COXIM
Colisão frontal na BR-163 deixa três pessoas feridas; uma em estado grave
BENEFÍCIO
Doutorados da UFGD selecionam candidatos/as para bolsas no exterior
FLAGRANTE
Jovem é preso acusado de furtar residência no Parque do Lago
DOCE
Mousse de Leite Ninho com Morango
SAÚDE
Anvisa encontra lote de botox falsificado e proíbe venda
NA MODA
Óculos ficam cada vez mais finos; confira a tendência 2018

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é derrubado de moto em roubo e fica desacordado
Homem é derrubado de moto em roubo e fica desacordado
POLÍCIA
Quatro motos são furtadas em poucas horas em Dourados
BIOMETRIA DIGITAL
Eleitores “correm” por cadastro biométrico e cartório reafirma sobre prazo
EDUCAÇÃO
UFGD divulga resultado do Vestibular 2018