Menu
Busca quinta, 24 de outubro de 2019
(67) 9860-3221

Padre brasileiro é acusado de assédio sexual em Toronto

10 agosto 2002 - 17h19


Um padre brasileiro que presta serviço numa igreja frequentada por fiéis de origem portuguesa em Toronto compareceu na sexta-feira em Tribunal acusado de assediar sexualmente um homem de 38 anos que não foi identificado.O padre F. P., de 53 anos, foi libertado após o juiz ter determinado uma fiança de US$ 5 mil, que terá que se paga pelo sacerdote responsável pela igreja em que ele trabalha, caso não se apresente ao tribunal no dia 17.Entre os paroquianos que esperavam o sacerdote à saída do tribunal, um insistiu em que se "devem recordar as boas coisas que ele fez".Para o advogado do padre acusado, o luso- canadense David Costa, "F. P. é inocente, como será provado em tribunal".No Tribunal, foi imposta a proibição de serem publicadas as evidências que foram apresentadas durante os primeiros passos do processo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Comparsa de homicídio de adolescente é condenado a 8 anos
BALANÇO
TRE/MS realiza audiência para tratar da biometria em Terenos
CESSÃO ONEROSA
Congresso aprova projeto que garante R$ 34,6 bi à Petrobras
CAPITAL
Falso repórter engana treinador de futebol com entrevista e clona WhatsApp
UEMS
Mestrado em Ensino em Saúde prorroga período de inscrições
NOVA ALVORADA
Homem esfaqueou pastor porque ele ‘fomentava’ separação, diz polícia
REFORMA APROVADA
Ponto a ponto: saiba o que vai mudar nas aposentadorias
TRÊS LAGOAS
Homem atira para matar ex-mulher e acaba baleando dono de restaurante
MÚSICA
Livro sugere que Raul Seixas entregou Paulo Coelho à ditadura
MEIO AMBIENTE
PMA usa satélite e drone para autuar infrator por desmatamento

Mais Lidas

EM DEZEMBRO
‘Natal para Todos’ terá show com famosos no aniversário de Dourados
INFORME PUBLICITÁRIO
Loja de materiais de construção traz caminhões com pisos direto da fábrica e aquece a briga pelo cliente
FRONTEIRA
Gerente de loja de pneus é baleado por pistoleiros
POLÍCIA
Rapaz é baleado nas costas enquanto conversava com amigo no Flórida