Menu
Busca terça, 19 de junho de 2018
(67) 9860-3221
POLÊMICA

Nova lista suja do trabalho escravo tem 132 empresas

23 outubro 2017 - 06h56Por G 1

A semana foi marcada por mais uma polêmica no governo federal. Uma portaria alterou as regras do que é considerado trabalho escravo no país, decisão que provocou uma série de críticas. O Brasil é considerado referência mundial no combate à escravidão moderna. Mas, depois das novas diretrizes, isso pode mudar.

A mudança foi condenada pela Organização das Nações Unidas. A Organização Internacional do Trabalho disse que a medida pode interromper a trajetória de sucesso que tornou o Brasil modelo no combate ao trabalho escravo no mundo.

O Ministério Público Federal quer a revogação da portaria. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, entregou ao ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, ofício onde fala em "retrocesso nas garantias básicas da dignidade humana".

As novas regras também restringiram o acesso à chamada lista suja, o cadastro de empregadores autuados por escravizar trabalhadores. Agora, a lista suja só será divulgada por determinação expressa do ministro do Trabalho.

Os patrões só entram na lista depois que esgotam todos os recursos de defesa, na esfera administrativa. Permanecem nela por dois anos. A mais recente atualização da lista já estava pronta, antes de sair a portaria, mas acabou não sendo divulgada.

A nova lista suja, que traz os nomes de 132 empresas; veja.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA DO MUNDO
Rússia passa pelo Egito e praticamente garante vaga nas oitavas
FRONTEIRA
Pecuarista é executado a tiros durante emboscada
OPERAÇÃO SANGUE FRIO
Ex-servidores do HU respondem na Justiça por desvio de recursos públicos
MEDICINA
Gota: da prevenção ao tratamento
SÃO JOÃO
João Pessoa prepara festa junina para receber turistas
DOURADOS
Suspeita é de incêndio criminoso na Linha do Potreirito
TÚNEL DO TEMPO
Presilha de cabelo dos anos 90 volta à moda
ESCRITURA PÚBLICA DIGITAL
Projeto eSocial foi tema de workshop na Prefeitura
SEBRAE
Dourados recebe palestra gratuita para quem deseja se tornar MEI
HUMMMMM!
Caldinho de feijão na caneca com crispy de bacon e couve

Mais Lidas

PARANHOS
Testemunha de atentado a prefeito é executada
PARANHOS
Calote em venda de fazenda teria motivado atentado a prefeito
ÁGATA DE AÇO II
Brigada de Dourados desloca 600 homens para atuar contra crimes fronteiriços
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família