Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
GREVE

Mutirão dos Correios entrega mais de 4,5 milhões de cartas e encomendas

02 outubro 2017 - 14h20Por Redação

Os Correios entregaram neste fim de semana (30 de setembro e 1º de outubro) mais de 4,5 milhões de cartas e encomendas no mutirão realizado nas localidades em que há paralisação parcial. A ação, que contou com a participação de mais de 15 mil trabalhadores, também triou (preparou para a entrega) mais de 5 milhões de objetos postais.


Nesta segunda-feira (2), 85,56% dos empregados (92.898) estão trabalhando normalmente em todo o país. Em Mato Grosso do Sul, o total é de 88% dos empregados trabalhando, isto é, 1.283 empregados.

Desde a última sexta-feira (29), mais de 1.200 empregados retornaram aos seus postos de trabalho em todo o país.


Em todo o Brasil, a rede de atendimento está aberta e todos os serviços, inclusive o SEDEX e o PAC, continuam disponíveis. Apenas os serviços com hora marcada (Sedex 10, Sedex 12, Sedex Hoje, Disque Coleta e Logística Reversa Domiciliária) estão suspensos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Perícia apura causas da morte de homem na Vila Cachoeirinha
PONTA PORÃ
Motorista é preso com maconha e munições na MS-164
DOURADOS
Homem é encontrado morto na região da Cachoeirinha
CAMPO GRANDE
Estelionatária é presa no momento em que tentava aplicar golpe
DOURADOS
Em dia de protesto, educadores cobram prefeita por atraso de salários
ARTIGO
Participação social, democracia e respeito aos idosos
FUTEBOL
CBF premia os melhores do Brasileirão nesta segunda
TRÁFICO FORMIGUINHA
Passageiro é flagrado com pacotes de skunk dentro de ônibus
PEDRO JUAN
Irmãos são assassinados na região de fronteira
ESPORTE
Rússia é banida por doping e está fora de Tóquio 2020 e de Mundiais

Mais Lidas

INTERNACIONAL
Dificuldades na OMC podem afetar disputas comerciais pendentes
EDUCAÇÃO
UFMS é a 9ª universidade mais sustentável do país
DOURADOS
Populares prestigiam abertura do Natal para Todos na praça
DOURADOS
Educação rescinde com empresa que faturou R$ 417 mil por uniformes