Menu
Busca Quarta, 24 de Janeiro de 2018
(67) 9860-3221
Escola Sesc - Janeiro 2018

Mulher morre de câncer após receber pulmão de fumante

18 Dezembro 2012 - 10h15

Uma britânica de 27 anos morreu de câncer após receber o pulmão de um fumante em um transplante. Jennifer Wederell, que sofria de fibrose cística, morreu em casa, no condado de Essex, no sudeste da Grã-Bretanha, 16 meses após a operação.

O pai dela, Colin Grannell, diz acreditar que a filha não teria concordado com o transplante se soubesse que o doador, um homem de meia-idade, era um fumante compulsivo. O hospital que realizou a operação se desculpou por não oferecer uma opção a Jennifer.

Jennifer foi diagnosticada com fibrose cística aos 2 anos, e com 20 e poucos anos passou a usar um tubo de oxigênio 24 horas por dia. Ela estava havia 18 meses na lista de espera por um transplante de pulmão quando, em abril de 2011, foi avisada de que um doador havia sido encontrado.

Grannell disse que a família esperou aquele momento por anos e pensava que o transplante ajudaria a filha a derrotar a doença. Mas em fevereiro deste ano, um tumor maligno foi encontrado em seu pulmão.

###'Riscos maiores'
"O choque imediatamente se transformou em raiva, porque quando os riscos foram explicados na hora anterior ao transplante, em nenhum momento foi mencionado que seria usado o pulmão de um fumante", disse Grannell. "Ela estava morrendo uma morte que deveria ser de outra pessoa", afirma.

Grannell criou um grupo no Facebook, chamado Jennifer's Choice (A escolha de Jennifer) para estimular não-fumantes a se registrarem como doadores de órgãos. A administração do hospital onde o transplante foi realizado afirmou em um comunicado que "é muito raro que os pacientes especifiquem que não querem receber pulmões saudáveis de fumantes".

"Os riscos são muito maiores se o paciente recusa um pulmão de um doador fumante e decide esperar por outro órgão que seja compatível e também de um não-fumante", diz o comunicado. O hospital afirmou, porém, que reconhece que Jennifer deveria ter tido a opção de escolher. "Pedimos desculpas sinceras pelo descuido", afirma.

"Infelizmente, o número de pulmões disponíveis para transplante cairia 40% se houvesse uma política de recusar aqueles que vêm de fumantes. As listas de espera aumentariam e muito mais pacientes morreriam sem um transplante", diz.



Deixe seu Comentário

Leia Também

SEGUNDA INSTÂNCIA
Tribunal julga hoje recurso de Lula contra sentença de Moro no caso triplex
SEU BOLSO
Saque do PIS/Pasep para idosos sem conta bancária começa hoje
TRÁFICO
Polícia aprende no Paraná 7 toneladas de maconha que saíram de MS
TEMPO
Quarta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
DEU CALOR!
Gracyane Barbosa exibe barriga sarada e corpão durante foto no deserto
ATENÇÃO
Prazo para microempreendedor regularizar situação é prorrogado até sexta-feira
Prazo para microempreendedor regularizar situação é prorrogado até sexta-feira
VEM NOVIDADES!
WhatsApp altera forma de exibir notificações no Android 8
BRASIL
Intervenção militar seria enorme retrocesso, diz comandante do Exército
Intervenção militar seria enorme retrocesso, diz comandante do Exército
SEGURANÇA
Agepen discute em Brasília integração entre sistemas de informações prisionais do país
Agepen discute em Brasília integração entre sistemas de informações prisionais do país
EMPRESÁRIOS
Começa hoje prazo para preenchimento da Rais
Começou nesta terça-feira (23) o prazo para o preenchimento da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2017. Empresários poderão enviar dados até o dia 23 de março, por meio de formulário online. De acordo com o Ministério do Trabalho, não há possibilidade de prorrogação do prazo de entrega do formulário.

Mais Lidas

DOURADOS
Motociclista morre em acidente na Perimetral
FEMINICÍDIO
Assassinato de mãe de seis filhos foi premeditado, acredita polícia
ESTELIONATO
Suspeito teria levado R$ 200 mil com golpes contra idosos
DOURADOS
Homem é preso no Altos do Indaiá por posse de arma de uso restrito