Menu
Busca segunda, 21 de maio de 2018
(67) 9860-3221
SEVILHA ODONTOLOGIA
GUERRA AO MOSQUITO

MS terá recurso extra do governo federal para combater o Aedes

30 setembro 2017 - 08h45Por Da Redação

O Ministério da Saúde liberou, neste mês de setembro, R$ 856,8 mil para 79 municípios do estado de Mato Grosso do Sul, referentes à segunda parcela de recurso adicional para o combate ao mosquito Aedes aegypti.

Para todo o país, a pasta liberou R$ 30,4 milhões. Serão beneficiados 3.148 municípios em 20 estados e o Distrito Federal porque cumpriram critérios para intensificar as medidas de prevenção e combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya.

 

Em janeiro de 2017, o Ministério da Saúde repassou R$ 91,2 milhões aos municípios de todos os estados, referentes à primeira parcela.

Já o envio da segunda parcela foi condicionado ao cumprimento de alguns critérios, especialmente a realização do Levantamento Rápido de Índice de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), no caso de cidades com mais de dois mil imóveis. Os municípios com menos de dois mil imóveis devem fazer o Levantamento de Índice Amostral (LIA) e o monitoramento por ovitrampa ou larvitrampa nas cidades sem infestação do mosquito. Também estão previstas metodologias alternativas, utilizadas pelas vigilâncias locais para monitorar o nível de infestação do mosquito Aedes.

 

DENGUE – Em 2017, até 02 de setembro, foram notificados 219.040 casos prováveis de dengue em todo o país, uma redução de 84,8% em relação ao mesmo período de 2016 (1.442.208). Com relação ao número de óbitos, também houve queda significativa (87%), reduzindo de 678 óbitos em 2016 para 88 em 2017. 

CHIKUNGUNYA – Até 02 de setembro, foram registrados 171.930 casos prováveis de febre chikungunya, o que representa uma taxa de incidência de 83,4 casos para cada 100 mil habitantes. A redução é de 34,2% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 261.645 casos. 

A região Nordeste foi a que apresentou o maior número de casos prováveis (130.910 casos; 76,1% em relação ao total do país). Em seguida aparecem as regiões Sudeste (22.789 casos; 13,2%), Norte (14.888 casos; 8,6%), Centro-Oeste (3.081 casos; 1,7%) e Sul (262 casos; 0,1%). Entre as Unidades da Federação (UFs), destacam-se Ceará (1.187,4 casos/100 mil hab.) e Roraima (673,2 casos/100 mil hab.)

 

ZIKA – Até 02 de setembro, foram registrados 15.586 casos prováveis de Zika em todo país, uma redução de 92,6% em relação a 2016 (211.487). A incidência reduziu 92,5%, passando de 102,6 em 2016 para 7,6 neste ano.

As regiões que apresentam maiores taxas de incidência são Centro-Oeste e Norte, com 35,9 casos/100 mil hab. e 13,9 casos/100 mil hab., respectivamente. Entre as UFs, destacam-se Tocantins (62 casos/100 mil hab.), Mato Grosso (59,4 casos/100 mil hab.) e Goiás (53,3 casos/100 mil hab.).

Em relação às gestantes, foram registrados 2.105 casos prováveis, sendo 728 confirmados por critério clínico-epidemiológico ou laboratorial.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMPRUDÊNCIA
Embriagado, homem se envolve em acidente e acaba preso
Fato aconteceu na noite de ontem (20), por volta das 19h
CAMPO GRANDE
Procon recolhe produtos vencidos e abre processo contra rede de supermercados por publicidade enganosa
CONTRA O PREÇO DO DIESEL
Manifestações interditam trechos de duas BR’s em MS
DOURADOS
Força-tarefa remove árvores caídas com vendaval
UNIGRAN
Acadêmicos de Administração criam produtos inovadores em aula de empreendedorismo
DOURADOS
Morre aos 95 anos ex-combatente da 2ª Guerra Mundial
DOURADOS
Ladrão invade loja pelo telhado e furta produtos de limpeza
CIDADES
Carga de cigarros que seria levada para noroeste de MS é apreendida
OBRAS
Confira os pontos de bloqueio nas principais avenidas de Dourados
NA MS-395
Polícia Civil encontra motociclista morto ao lado de moto
O homem estava com ferimentos na cabeça e a suspeita é de que a vítima tenha sofrido queda a caminho do trabalho

Mais Lidas

BR-163
Caminhonete carregada com maconha é encontrada abandonada em posto de Dourados
CAMPO GRANDE
Chefe de quadrilha investigada pela PF foge de presídio
PEDRO JUAN
Mulher é executada a tiros na fronteira
DOURADOS
Mão cortada denuncia homem que quebrou porta de vidro para furtar loja no Centro