Menu
Busca terça, 18 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221

MPF abriu mais de 5 mil inquéritos contra gestores públicos este ano

08 dezembro 2012 - 11h15

O Ministério Público Federal (MPF) abriu 5.113 inquéritos envolvendo corrupção, peculato, tráfico de influência e nepotismo contra gestores públicos em 2012. Além desses, mais 2 mil inquéritos sobre improbidade administrativa foram abertos este ano. Os dados são referentes ao período de 1º de janeiro a 31 de outubro, portanto, ainda podem mudar.

Os números divulgados pelo MPF são menores que os registrados em 2011, quando 5.678 inquéritos policiais foram abertos. Em relação à improbidade administrativa, no mesmo período, foram abertos 1.869 inquéritos policiais, 3.668 inquéritos civis públicos e 2.085 procedimentos administrativos.

"A corrupção não diminuiu de 2011 para 2012. O número de 2012 ainda é parcial e muitos delitos podem ter ocorrido e ainda estão em fase de comunicação ao Ministério Público, " disse a coordenadora do grupo de combate à corrupção do MPF, procuradora regional da República Janice Ascari. "A corrupção se dá por outros delitos também e esse número poderia ser maior se fosse considerado a falta de prestação de contas, por exemplo", acrescentou.

O levantamento do MPF apontou que a Região Sul é a campeã de inquéritos policiais, registrando 923 no Paraná, 621 no Rio Grande do Sul e 247 em Santa Catarina. Dois estados da Região Norte tiveram os piores índices - Rondônia (35) e Acre (29).

Segundo a coordenadora, a parceria com a Controladoria-Geral da União (CGU) resultou em mais de 300 denúncias contra prefeitos. De acordo com Ascari, a participação do cidadão é importante no combate à corrupção. “Muitos dos casos que temos de corrupção se originam de comunicações feitas pelos próprios munícipes”, disse.

Conforme Ascari, o grupo identificou que os municípios mais pobres do país, que recebem mais verbas federais, é onde ocorrem a maior parte dos desvios. “Há uma relação direta entre o nível de corrupção pública e o Índice de Desenvolvimento Humano [IDH]: quanto menor o IDH, maior é o nível de corrupção”, avaliou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

HOMENAGEM
Câmara de Dourados institui o diploma “Zumbi dos Palmares”
CAMPO GRANDE
Mulher flagra vizinho a olhando trocar de roupa e caso vai parar na delegacia
PALESTRA
Ministro do STF vem a MS e fala sobre 30 anos da Constituição Cidadã
SANTA CATARINA
Confira cinco dicas do que fazer em Praia Grande
PRAZO
Agricultores familiares têm até quinta-feira para enviar projetos à Aeronáutica
HOMENS
Modelos de blazer masculino: tudo o que você precisa saber!
INTERNACIONAL
Temer participa em Montevidéu da Cúpula do Mercosul
PESQUISA ANP
Preço médio da gasolina volta a cair em Dourados
COMER BEM
Quibe de forno, recheado rende 12 porções e fica pronto em 40 minutos
DOURADOS
Com quase R$ 3,5 milhões arrecadados, prazo para adesão ao Refis termina na sexta

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem faz desabafo sobre a morte do pai em confronto: “lamento por você ter escolhido esse caminho”
DOURADOS
“Batida” acaba com festa lotada de menores e regada a bebida alcoólica
DOURADOS
Délia exonera cinco secretários de uma só vez e inicia reforma administrativa
POLÍCIA
Jovem é baleada em tentativa de assalto em Dourados