Menu
Busca quarta, 11 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
INVESTIGAÇÃO

Moro autoriza que Eduardo Cunha permaneça preso em Brasília

23 setembro 2017 - 14h30

O juiz Sergio Moro autorizou na sexta-feira (22) que o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB) permaneça preso em Brasília até o dia 9 de outubro para que possa ser interrogado em processo relacionado ao Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS).

Condenado pela Operação Lava Jato e preso no Paraná, Cunha foi transferido para a carceragem da Polícia Federal em Brasília em 15 de setembro.

As irregularidades no FI-FGTS são investigadas pela Operação Sépsis, que é um desdobramento da Lava Jato. O peemedebista responde ao processo ao lado de mais quatro réus – entre eles Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e Lúcio Funaro, apontado como operador de propinas do PMDB.

A permanecia de Cunha em Brasília foi solicitada pelo juiz responsável pelo processo, Vallisney de Souza Oliveira, uma vez que o interrogatório foi adiado para 9 de outubro. Inicialmente, a oitiva estava marcada para sexta-feira.

Pedido da defesa

Na mesma decisão que permitiu que Cunha fique em Brasília até o interrogatório, Moro negou o pedido dos advogados de defesa para que o ex-deputado fique custodiado no Distrito Federal até a publicação da sentença do caso.

"Descabe a prorrogação da permanência até a apresentação das alegações finais e/ou até a prolação da sentença, eis que tais atos não demandam a presença do acusado perante o Juízo da 10ª Vara Federal de Brasília/DF", disse o juiz.

Eduardo Cunha condenado na Lava Jato

O político foi condenado, pela Lava Jato, a 15 anos e 4 meses de reclusão. Na denúncia oferecida à Justiça Federal, o Ministério Público Federal (MPF) acusou Eduardo Cunha de receber propina em contrato da Petrobras para a exploração de petróleo no Benin, na África.

A sentença foi proferida pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, em março deste ano.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Governo edita MP para regularizar 600 mil posses rurais até 2022
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
Parlamentares devem votar em segunda discussão projetos do PPA e da LOA
ECONOMIA
Com inauguração de indústrias e processo de liquidação, cooperativas vivem situações opostas em Dourados
Educação
Aulas de Raciocínio Lógico disponíveis na Wizard Dourados
DOURADOS
Homem leva paulada na cabeça e tem casa furtada após pedido de água
OPERAÇÃO VILA BRASIL
Gaeco vai às ruas e cumpre mandados na Grande Dourados
ARTIGO
Mais amor por favor
NEGÓCIOS & CIA
Existe uma fórmula para o sucesso no empreendedorismo?
PED
Penitenciária de Dourados inaugura sistema de vigilância nesta quarta-feira
DOURADOS
Dupla é presa no Trevo da Bandeira com maconha em carro roubado

Mais Lidas

CAARAPÓ
Homem é assassinado a golpes de faca após discussão em bar
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi
GRANDE DOURADOS
Quadrilha especializada em roubo de caminhonetes é desarticulada e seis são presos
FURTO
Polícia recupera objetos e fecha ponto de receptação em Dourados