Menu
Busca quarta, 18 de julho de 2018
(67) 9860-3221

Morales nacionaliza empresas de energia espanholas com filiais na Bolívia

30 dezembro 2012 - 17h30

O presidente da Bolívia, Evo Morales, anunciou ontem (29) a nacionalização de filiais das distribuidoras espanholas de energia, localizadas em La Paz e Oruro. As companhias são a Electropaz, de energia elétrica, e a Empresa Força e Luz de Oruro (Elfeo), subsidiária da empresa espanhola Iberdrola. “[Estamos promovendo] o direito dos cidadãos vivendo em áreas rurais, salvaguardando a sua economia ", disse.

De acordo com o presidente, o objetivo é garantir o abastecimento e a cobrança de formas igualitárias na Bolívia."Fomos obrigados a dar esse passo para as taxas de serviços elétricos serem equitativa nos departamentos de La Paz e Oruro e que a qualidade de serviço de energia elétrica seja uniforme em áreas rurais e urbanas", disse Morales

Morales assinou ontem o decreto de nacionalização das duas empresas. Segundo o texto, as ações serão assumidas pela Empresa Nacional de Eletricidade da Bolívia (Ende). Pelo decreto, haverá uma compensação para a empresa espanhola.

A avaliação que vai gerar a compensação será feita por uma "empresa independente no prazo de 180 dias." O pagamento será feito no território bolivano em moeda nacional à taxa de câmbio oficial.

Segundo integrantes do governo da Bolívia, haverá uma compensação justa para a empresa espanhola Iberdrola. O vice-presidente boliviano, Álvaro García Linera, o governo “não vai agir arbitrariamente ".

"Esperamos que, nos próximos meses, por meio do diálogo e de relatórios técnicos, independentes e precisos, encontrar uma solução negociada com a empresa antiga proprietária Electropaz e não haver problema algum”, disse Linera.

A decisão de nacionalizar as empresas, segundo o presidente, foi baseada em estudos de campo que demonstraram a existência de uma grande diferença entre as tarifas de eletricidade em áreas rurais e urbanas.

Em 2010, o governo boliviano nacionalizou as ações de quatro empresas de geração de energia, incluindo duas subsidiárias da GDF Suez da França e da Grã-Bretanha Rurelec, para acelerar a entrega de serviços para diferentes regiões do país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ESTADO DE ATENÇÃO
Umidade do ar chega a 21% em mais um dia seco em Dourados
ESPORTE AMADOR
Copa Cachoeirinha de futebol de campo começa em agosto
ARQUITETURA VERDE
Casa tem teto verde e paredes vazadas
MARACAJU
Carga com 45 mil pacotes de cigarros contrabandeados é apreendida
COTAÇÕES
Dólar fecha em queda, de olho no rumo da taxa de juros dos EUA
SAÚDE
Pacientes do SUS vão receber notificações de consulta pelo celular
MAGISTRATURA
Juiz de Dourados é promovido a desembargador do TJMS
ALERTA
Gripe mata mais duas pessoas em uma semana no MS
Óbitos foram nas cidades de Campo Grande e Naviraí
ELEIÇÕES 2018
TSE vai fiscalizar uso de dinheiro vivo nas eleições
STOCK CAR 2018
Campo Grande sediará 7ª etapa da categoria em agosto

Mais Lidas

DUPLO HOMICÍDIO
Duas pessoas são assassinadas em Dourados
DOURADOS
Dupla em Corsa branco teria executado homens em Sitioca
DUPLO HOMICÍDIO
Polícia identifica uma das vítimas de assassinato em Dourados
DOURADOS
Acusado de matar mecânico confessa assassinato de homem no Flórida