Menu
Busca quarta, 23 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Moka considera “indevida” ingerência do STF na questão dos royalties

18 dezembro 2012 - 11h48

O senador Waldemir Moka (PMDB) considerou “indevida” a decisão do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, de suspender a análise do veto presidencial ao projeto que redistribui os royalties do petróleo a todos os Estados.

A sessão do Congresso Nacional em que a matéria seria examinada estava prevista para as 19 horas desta terça-feira. Na semana passada, o plenário do Senado e da Câmara havia aprovado requerimento de urgência para votação do veto.

Moka afirma que o Supremo interferiu no processo legislativo do Congresso, cujas prerrogativas estão previstas em seu Regimento. “Foram cumpridas todas as normas. O Congresso tem legitimidade para apreciar quaisquer vetos, atuais ou antigos”, explica.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), entrou com recurso para derrubar a liminar concedida pelo ministro Fux. “Estamos de prontidão aqui em Brasília, esperando que o Supremo casse a liminar para que o Congresso aprecie ainda hoje o veto da presidente Dilma”, disse.

O projeto aprovado pelo Congresso prevê a distribuição dos royalties do petróleo a todos os Estados, igualitariamente. Pelas regras atuais, os recursos pagos pelas empresas que exploram a extração do produto são divididos pelos Estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Ex-BBB Michelly Crisfepe exibe barriga esculpida na web e recebe elogios
PAGAMENTO
Justiça suspende auxílio-mudança de parlamentares reeleitos
SAÚDE
Menino de 5 anos é diagnosticado com leishmaniose em Campo Grande
ECONOMIA
Aéreas brasileiras transportaram 103 milhões de passageiros em 2018
COXIM
Mulher não consegue falar com marido que é encontrado morto pela filho
UFGD
Concursos para docentes e técnicos divulgam candidatos isentos
ECONOMIA
Secretaria de Fazenda publica valor atualizado de Uferms para fevereiro
FORÇAS ARMADAS
Polícia recupera pistola de uso restrito desaparecida desde 2016
APRENDIZES-MARINHEIRO
Marinha abre inscrições para concurso com 1 mil vagas em todo país
ANASTÁCIO
Homem agride e furta dinheiro mãe para comprar bebida alcoólica

Mais Lidas

POLÍCIA
Homem morre após ser atropelado por Mini Carregadeira em Dourados
BRASILÂNDIA
Dono de casa de prostituição é preso por tráfico de mulheres
OPERAÇÃO PREGÃO
Ex-secretário de Fazenda João Fava Neto é preso na Capital
ENERGISA
Consumidores podem recorrer ao valor da conta de energia sem sofrer corte no fornecimento