Menu
Busca segunda, 18 de junho de 2018
(67) 9860-3221
DESMENTIDO

Ministro da Cultura informa que não vai pedir demissão do cargo

12 junho 2018 - 18h05Por Da Redação

Após publicar às 13 horas no site do Ministério da Cultura (MinC) uma nota oficial em que classificou como "equivocada" a Medida Provisória (MP) 841, que transferiu recursos da Cultura para o Sistema Único de Segurança Pública (Susp), e de ter anunciado que "trabalharia incansavelmente" no Congresso para modificar a MP, o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão divulgou uma segunda nota, às 16h40. Nesta, ele sustenta não ter intenção de pedir demissão – como informou a Agência Brasil, após ouvir fontes do MinC.

Na segunda nota, Sá Leitão diz que vai trabalhar não mais contra a MP, mas "pelo projeto do MinC, que, inspirado na Lei Agnelo Piva, efetivamente destina os recursos de loterias federais que cabem à Cultura para projetos culturais, por meio de seleções públicas de alcance nacional".

Na segunda publicação, o MinC informou que a nota anterior trazia apenas uma "ressalva à eventual redução do volume de recursos disponíveis para a política pública de cultura e à incompreensão histórica, ainda presente em vários segmentos da sociedade, sobre o papel estratégico do setor cultural no combate à criminalidade e à violência e na promoção do desenvolvimento econômico e social do país". O ministro informa ainda que sua agenda no Rio nos dias 15, 16 e 18 está mantida e diz "reiterar seu respeito e apoio ao presidente Michel Temer e à política de segurança pública do governo federal".

As manifestações do Ministério da Cultura foram provocadas pela MP 841, que cria o Fundo Nacional de Segurança Pública, com recursos das loterias federais, assinada ontem pelo presidente Michel Temer e publicada hoje no Diário Oficial da União. A Agência Brasil apurou que a primeira nota foi entendida pelo governo como um pedido de demissão. Questionado, Sá Leitão disse que sua única intenção era defender a integridade de recursos financeiros para sua pasta. Ele obteve o compromisso de que a Cultura deverá ser compensada por eventuais perdas nos repasses de verbas das loterias federais.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TV
Faustão critica presidente da Globo: "é proibido falar 'Projac'"
SELEÇÃO BRASILEIRA
Empate não abala confiança do grupo, afirmam atletas
ECONOMIA
Saques do PIS/Pasep colocarão R$ 34,3 bilhões na economia
BR-163
Homem morre em UPA após ser encontrado sangrando em rodovia
Vítima chegou foi socorrida por bombeiros
BRASIL
Petrobras reduz em 1,24% o preço da gasolina nas refinarias
CAPITAL
Três acusados de tentativa de homicídio por vingança vão a júri
SEM MOTIVOS APARENTES
Morador é esfaqueado depois de ter a casa invadida por grupo armado
Os três moradores da residência, segundo informações, foram agredidos pelos criminosos
ECONOMIA
MS bate recorde na contratação do FCO em cinco meses de 2018
SOLIDARIEDADE
Douradense busca ajuda para conseguir manter a família
DOURADOS
Polícia fecha boca de fumo e prende homem no Clímax

Mais Lidas

ATENTADO
Suspeitos de atentado contra prefeito de Paranhos são presos
TRÁFICO
Douradense é preso após abandonar veículo carregado com maconha na BR-463
DOURADOS
Homem morre após acidente na Guaicurus
PEDRO JUAN
Jovem dado como morto pela família fronteira aparece no próprio velório