Menu
Busca terça, 18 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Ministro avisa beneficiários sobre o fim do prazo para saque do Abono Salarial

27 maio 2011 - 07h28

Prazo se encerra em 30 de junho e não é prorrogável. Mais de 18,5 milhões de trabalhadores foram identificados com direito a receber o benefício e cerca de 1,2 milhão ainda não sacaram. Benefício é no valor de um salário mínimo

O Ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, ligou nesta quinta-feira (26) para trabalhadores com direito a receber o Abono Salarial e que ainda não sacaram o benefício. Já resgataram o benefício referente ao exercício 2010/2011, até abril, 17.303.699 trabalhadores, número recorde de pagamentos.

A taxa de cobertura chegou a 93,52%, sendo pagos R$ 8,689 bilhões em benefícios, provenientes do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) identificou 18.503.353 pessoas com direito a receber o benefício, com previsão de pagar R$ 9,642 bilhões. Aproximadamente 1,2 milhão de trabalhadores ainda não sacaram o benefício.

“É importante informamos a todos os trabalhadores que têm direito a receber, que eles devem ir até uma agência sacar este 14º salário. É um direito, vão receber na hora, sem cobrança de nenhuma taxa. Mas é preciso sacar até o dia 30 de junho, porque o prazo não será prorrogado, e quem não sacar vai perder o dinheiro”, reforçou o ministro.

Durante as ligações, Carlos Lupi informou à beneficiária Ligia Maria Bittencourt, de Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, sobre o seu direito de receber o abono salarial. “Nunca recebi e não sabia que tinha esse direito. Vou à Caixa sacar e tenho que agradecer essa ligação. Muito obrigada”, respondeu a trabalhadora.

Joaquim César Cunha dos Santos, de Vitória, no Espírito Santo, conhecia o Programa Abono Salarial, mas não sabia que tinha direito. “Já ouvi falar do PIS/PASEP, mas achava que precisa estar trabalhando para receber. Muito boa notícia essa que acabo de receber”, comemorou.

Beneficiários - Têm direito a receber o benefício pessoas que trabalharam com vínculo empregatício por pelo menos 30 dias em 2009, recebendo, em média, até dois salários mínimos, que naquele ano teve os valores de R$ 415 (em janeiro) e R$ 465 (demais meses). Também é preciso estar inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Púbico (PASEP) há cinco anos, ou seja, pelo menos desde 2005; e ter sido informado corretamente pelo empregador junto à Relação Anual de Informações Sociais (Rais 2009).

O exercício vigente teve início em julho de 2010 e os trabalhadores que não sacaram o seu Abono Salarial nesse período devem retirar o benefício, no valor de um salário mínimo (R$ 545) até o dia 30 de junho, nas agências da Caixa Econômica Federal (PIS, para trabalahdores da iniciativa privada) ou do Banco do Brasil (PASEP, para servidores públicos). Cerca de 1,2 milhão de trabalhadores ainda não retiraram o benefício, cujo total calculado estimado para pagamento chega a R$ 653,8 milhões.

Região - A maior taxa de cobertura em abril era no Nordeste, onde 95,12% dos 4.019.044 trabalhadores com direito a receber o benefício já sacaram. Em seguida vem o Sul, com uma taxa de cobertura de 93,95% (3.375.033 identificados), o Sudeste, com 93,26% (8.735.101 identificados), e o Norte, com 91,70% (931.271 identificados). O Centro-Oeste estava com a menor taxa de cobertura no período, já tendo sacado o abono salarial 90,97% dos 1.430.307 identificados.

Entre os estados, a maior taxa de cobertura está em Pernambuco, com 96,52%. Logo após vem o rio Grande do Norte, onde 96,26% dos trabalhadores com direito a receber abono salarial já sacaram o benefício, Minas Gerais, com 95,93%, e Ceará, com 95,83%. A menor taxa de cobertura está no Mato Grosso, com 87,14%.

###Onde receber

Os trabalhadores inscritos no PIS recebem o abono salarial nas agências da Caixa e os que tiverem Cartão Cidadão com senha cadastrada também podem fazer o saque em Lotéricas, Caixa de Auto-atendimento e postos do Caixa Aqui.

Os inscritos no PASEP recebem no Banco do Brasil. Todos os beneficiários que não realizaram o saque entre julho de 2010 até esta data devem retirar o dinheiro até 30 de junho. Após essa data não tem direito a sacar o abono salarial referente ao exercício 2010/2011. Para sacar, devem apresentar um documento de identificação e o número de inscrição no PIS ou PASEP.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Consumidor que fez “gato” em energia é condenado a pagar dívida
FRONTEIRA
Polícia prende dupla responsável por roubom de cerca de 15 motos
UFGD
Evento sobre prevenção ao suicídio acontece até segunda-feira
JUSTIÇA
PGR recorre contra decisão de Gilmar Mendes que soltou Beto Richa
CONCURSO
UEMS recebe inscrições para dois novos Processos Seletivos
ESPORTES
Hortência é eleita a melhor da história dos Mundiais de Basquete
PESQUISA IBOPE
Bolsonaro, 28%; Haddad, 19%; Ciro, 11%; Alckmin, 7%; Marina, 6%
PECULATO
Segunda Turma do STF absolve Renan Calheiros no caso Mônica Veloso
JARDIM
Revoltado com abordagem, motorista invoca Bolsonaro, xinga PM e é preso
TELEVISÃO
A nova temporada do reality show "A Fazenda" começa nesta terça-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Homem encontrado na Marcelino morreu de causas naturais
FLAGRANTE
Mãe é presa na frente da filha traficando cocaína
DOURADOS
Corpo é encontrado na Marcelino Pires
MS-164
Trio é flagrado com mais de 1t de maconha no Copo Sujo