Menu
Busca sexta, 20 de abril de 2018
(67) 9860-3221
BANNER CORPAL TOPO SITE

Ministério Público quer que Infraero pague R$ 5,6 milhões de indenização de terceirizados

07 dezembro 2012 - 19h00

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) rejeita assumir o pagamento da indenização a 516 empregados terceirizados demitidos pela RCM, prestadora de serviços auxiliares de transporte aéreo.

A rejeição da empresa foi apresentada hoje (7) ao Ministério Público do Trabalho (MPT), em audiência com o Sindicato dos Aeroviários no Estado de São Paulo. O prazo para pagamento das indenizações termina segunda-feira (10).

A RCM, que prestava serviços à Infraero, teve o contrato de terceirização rompido após a privatização do Aeroporto Internacional de Viracopos/Campinas. Todos os funcionários foram demitidos.

O Sindicato dos Aeroviários avaliou que o impasse poderá levar à paralisação dos trabalhos no terminal de cargas do aeroporto. “Vamos fazer uma manifestação na terça-feira e uma assembleia para decidir sobre greve”, declarou José Oliveira. Delegado estadual da entidade, ele explicou que a paralisação é possível, porque a maioria dos funcionários foi contratada por outra empresa.

Segundo o Ministério Público, a RCM declarou que não tem os R$ 5,6 milhões necessários ao pagamento dos direitos trabalhistas. O procurador Ronaldo Lira, então, transferiu a responsabilidade para a Infraero.

“Os trabalhadores não podem ser prejudicados e a administração pública é responsável pela terceirização da atividade”, avaliou o procurador. Ele informou que, caso o sindicato entre com ação judicial, o MPT entrará no processo “para preservar o direito dos trabalhadores”, justificou.

O Consórcio Aeroportos Brasil, vencedor do leilão de privatização do Viracopos, rescindiu o contrato com a RCM, alegando “interesse público”, de acordo com o MPT.

A Agência Brasil procurou a Infraero para comentar a posição assumida perante o MPT, mas não obteve retorno até a publicação da reportagem.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Polícia veta e estreia do Novo na Série D será com portões fechados
DESCAMINHO
Guarda Municipal apreende 960 munições 9 mm no interior de ônibus
UEMS
Inscrições a Programa de Cultura, Esporte e Lazer terminam dia 30
BALANÇO
Operadoras de celular perdem mais de 7 milhões de linhas em março
NIOAQUE
Jovem passa noite a espera de socorro após acidente na BR-060
FUTEBOL
Sorteio define confrontos e mandos das oitavas da Copa do Brasil
NAVIRAÍ
Advogada morre 15 minutos após dar entrada em PS com vírus H3N2
IMPROBIDADE
MPF cobra R$ 22 milhões de Puccinelli e dois ex-secretários por irregularidades na saúde
JUSTIÇA
TJ determina novo exame de DNA para garantir paternidade de gêmeas
ECONOMIA
Dólar fecha em alta nesta sexta-feira, a R$ 3,41

Mais Lidas

DOURADOS
Estudante de medicina é preso com R$36 mil em notas falsas
BR-463
Polícia confirma morte de idoso em ataque de pistoleiros
SOLIDARIEDADE
Dourados inaugura a primeira geladeira solidária nesta sexta-feira
DIREITOS HUMANOS
Esposas de presos denunciam agressões e Comissão vai até a PED