Menu
Busca quarta, 29 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221

Microsoft diz que Google prejudica usuários do Windows Phone

03 janeiro 2013 - 12h48

#####Folha

A Microsoft endureceu suas críticas à política antimonopólio do Google, afirmando na quarta (2) que o gigante das buscas não dá aos usuários dos celulares com Windows Phone um "acesso adequado" ao serviço de vídeos YouTube.

"Apesar do escrutínio governamental, o Google continua bloqueando um acesso adequado ao YouTube aos clientes da Microsoft. Esta é uma questão importante porque os clientes valorizam o acesso ao YouTube em seus telefones", afirmou o advogado da Microsoft Dave Heiner em uma mensagem publicada em um blog.

"O Google diz com frequência que os delitos antimonopólio de que é acusado não afeta os consumidores; O Google está equivocado sobre isto", acrescentou. "O Google nega, ainda, permitir aos usuários de telefones (que operam com o sistema da Microsoft) Windows de ter o mesmo acesso ao YouTube que os clientes (do sistema de navegação por celular do Google) Android e Apple".

Os comentários são a mais recente troca de acusações entre os dois gigantes da tecnologia e ocorrem em um momento em que organizações de vigilância antimonopólio, tanto na Europa quanto nos Estados Unidos, estão a ponto de terminar as investigações sobre a conduta do Google.

Alguns informes destacam que os investigadores americanos estão se preparando para alcançar um acordo com o Google sem passar por uma ordem judicial.

'DISTORÇÃO'

O site de buscas, dono do YouTube, afirma que a Microsoft distorce dados sobre o acesso com aparelhos móveis.

"Ao contrário do que diz a Microsoft, é fácil para os consumidores assistir a vídeos do YouTube em celulares Windows", afirmou um porta-voz do Google em resposta a uma pergunta da AFP.

"Os usuários de Windows Phone podem acessar todas as funções do YouTube. De fato, estamos trabalhando com a Microsoft durante vários anos para ajudar a construir uma grande experiência de YouTube nos celulares Windows", acrescentou.

A Microsoft expressou preocupação diante da Comissão Europeia e da Comissão Federal de Comércio americano, que investigam possíveis abusos de dominação de mercado por parte do Google.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Jovem de 23 anos morre em acidente de motocicleta em Campo Grande
SAÚDE
Ministério da Agricultura identifica mais 10 lotes de cerveja contaminada
CAMPO GRANDE
Após 4 horas, suspeito de roubar caminhonete é preso em matagal
ESPORTE
Corrida de rua abre inscrições para prova com percurso de 30 km
CHAPADÃO DO SUL
Suspeita de matar menina de 13 anos é transferida para Capital
ECONOMIA
Dispensa de alvará beneficiará 10,3 milhões de empresas de baixo risco
CHAPADÃO DO SUL
Homem é preso com pornografia infantil, paga fiança e é solto
DOURADOS
Matrículas dos veteranos da UFGD começarão na próxima sexta-feira
TRÊS LAGOAS
Homem furta celular, pede R$ 50 para devolver e acaba preso
ALERTA
Brasil monitora casos suspeitos de coronavírus em MG, RS e PR

Mais Lidas

VÍDEO
Ventania derruba árvores e destelha casas na região sul de Dourados
DOURADOS
Mulher deixa carro com chave na ignição e tem surpresa 15 horas depois
REGIÃO
Condutor de caminhonete é preso após atingir sete veículos estacionados
JARDIM FLÓRIDA
Homem é preso acusado de 'passar a mão' em menina de 11 anos