Menu
Busca quinta, 19 de abril de 2018
(67) 9860-3221

Microsoft diz que Google prejudica usuários do Windows Phone

03 janeiro 2013 - 12h48

#####Folha

A Microsoft endureceu suas críticas à política antimonopólio do Google, afirmando na quarta (2) que o gigante das buscas não dá aos usuários dos celulares com Windows Phone um "acesso adequado" ao serviço de vídeos YouTube.

"Apesar do escrutínio governamental, o Google continua bloqueando um acesso adequado ao YouTube aos clientes da Microsoft. Esta é uma questão importante porque os clientes valorizam o acesso ao YouTube em seus telefones", afirmou o advogado da Microsoft Dave Heiner em uma mensagem publicada em um blog.

"O Google diz com frequência que os delitos antimonopólio de que é acusado não afeta os consumidores; O Google está equivocado sobre isto", acrescentou. "O Google nega, ainda, permitir aos usuários de telefones (que operam com o sistema da Microsoft) Windows de ter o mesmo acesso ao YouTube que os clientes (do sistema de navegação por celular do Google) Android e Apple".

Os comentários são a mais recente troca de acusações entre os dois gigantes da tecnologia e ocorrem em um momento em que organizações de vigilância antimonopólio, tanto na Europa quanto nos Estados Unidos, estão a ponto de terminar as investigações sobre a conduta do Google.

Alguns informes destacam que os investigadores americanos estão se preparando para alcançar um acordo com o Google sem passar por uma ordem judicial.

'DISTORÇÃO'

O site de buscas, dono do YouTube, afirma que a Microsoft distorce dados sobre o acesso com aparelhos móveis.

"Ao contrário do que diz a Microsoft, é fácil para os consumidores assistir a vídeos do YouTube em celulares Windows", afirmou um porta-voz do Google em resposta a uma pergunta da AFP.

"Os usuários de Windows Phone podem acessar todas as funções do YouTube. De fato, estamos trabalhando com a Microsoft durante vários anos para ajudar a construir uma grande experiência de YouTube nos celulares Windows", acrescentou.

A Microsoft expressou preocupação diante da Comissão Europeia e da Comissão Federal de Comércio americano, que investigam possíveis abusos de dominação de mercado por parte do Google.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRANSPORTE AÉREO
Demanda por voos domésticos tem melhor 1º trimestre desde 2015
SAUDÁVEL
Receita de panqueca leva banana, pasta de amendoim e calda de cacau
MAIOR RIGOR
Entra em vigor pena maior para motorista bêbado que mata em acidente
VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL
Prêmio Nacional de Educação Fiscal abre inscrições a partir de hoje
DOURADOS
PM realiza operação no trânsito, apreende 13 veículos e oito motocicletas
CINEMA
Cineclube UFGD inicia sessões de gratuitas no sábado
DOURADOS
No Dia do Exército, solenidade homenageia personalidades na 4ª Brigada
ARQUITETURA INTERNACIONAL
Paris ganhará vila vertical de madeira; veja fotos do projeto ousado
NORTE DO ESTADO
Homem que armazenava combustível irregularmente é multado pela PMA
COPA DO BRASIL
Inter e São Paulo entram em campo por vaga nas oitavas

Mais Lidas

ITAPORÃ
Mortos em troca de tiros após assalto eram de Dourados
SEGURANÇA PÚBLICA
Em comunicado, PCC convoca integrantes para “alerta geral”
TENSÃO EM MS
Presos tentam impedir pente-fino na PED, mas agentes fazem ‘limpa’
DOURADOS
Após invadir Ceim, dupla ameaça vigia de morte e rouba equipamentos