Menu
Busca domingo, 26 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Menino de 5 anos paga tratamento de câncer vendendo desenhos online

04 maio 2011 - 09h05

04/05/2011 10h01 - Atualizado em 04/05/2011 10h01

# Menino de 5 anos paga tratamento de câncer vendendo desenhos online


Maryuska Pavão

Um menino norte-americano de 5 anos conseguiu pagar o próprio tratamento de câncer vendendo 3 mil desenhos de monstros, palhaços e alienígenas na internet, muitos deles feitos na cama do hospital.

Aidan Reed, que vive em Kansas City, nos Estados Unidos, foi diagnosticado com leucemia em setembro do ano passado.

Os pai dele, Katie e Wiley, tiveram de ver o filho enfrentar semanas de sofrimento com o tratamento de quimioterapia e outros procedimentos dolorosos, mas tinham esperanças, já que os médicos haviam dito que o tipo de câncer de Aidan tem uma taxa de cura de 90%.

Só que com as contas de hospital se acumulando, os Reed tiveram de colocar a casa da família à venda. Foi aí que surgiu a ideia de transformar um hobby de Aidan em fonte de recursos.

'Eu gosto de desenhar cavaleiros, bobos da corte, palhaços assustadores e alienígenas', disse Aidan ao Survivors Club, uma organização que ajuda pessoas que enfrentam adversidade.

'Eu também gosto de me vestir de palhaços bons e palhaços malvados. Eu posso ser um lobo ou um zumbi...'
Aidan Reed desenhando (Foto: Caters)Aidan Reed desenhando (Foto: Caters)

Sucesso
Durante o tratamento, Aidan gostava de desenhar monstros. Estes desenhos foram colocados à venda na internet pela tia do menino, Mandi Ostein.

'Meu número de sorte é 60, então eu decidi que iria vender 60 desenhos', disse Ostein.

Mas o sucesso foi tanto que a tia de Aidan acabou transformando sua casa em um centro de impressão e envio de desenhos. Muitos deles eram 'assinados' pelo artista.

Pedidos chegaram de vários países do mundo, inclusive do Brasil.

'Eu fiquei chocado com a reação aos desenhos de Aidan. Acho que para ele também tem sido uma boa distração da doença', disse o pai de Aidan, Wiley Reed.

No fim, foram vendidos cerca de 3 mil desenhos, arrecadando mais de US$ 30 mil ( R$ 47 mil), o suficiente para cobrir todos os gastos com o tratamento e cancelar a venda da casa da família.

'É absolutamente inacreditável. Nós somos moradores de uma cidadezinha do Meio Oeste americano. Este tipo de coisa não acontece com a gente', disse Ostein.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CULTURA
Mostra Audiovisual exibe neste sábado o filme 'As Filhas do Fogo'
ESTUDO
Universidade cria técnica que identifica uso de agrotóxicos em frutas
ISQUEMIA
Morre no Rio de Janeiro aos 79 anos a atriz Lady Francisco
CAPITAL
Travesti suspeita de matar vendedor com 14 facadas é presa
FAMOSOS
Débora Nascimento beija mulher e diz: “Tô solteira mesmo”
CAPITAL
Estelionatário se passa por funcionário de banco e mulher perde R$ 17 mil
DOURADOS
Continuam abertas as inscrições para eleição de conselheiros tutelares
DOMINGO
Para teste físico de concurso, Parque dos Poderes será interditado
DOURADOS
Doadores de “sábado” no Hemocentro falam sobre mais tranquilidade para o gesto de solidariedade
ESPIRITUALIDADE
Congresso Holístico Internacional começa neste sábado em Bonito

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem contrata programa com travesti, diz não ter sido atendido e ainda roubado
SEGURANÇA
Guara Municipal e Polícia Miliar realizam Operação Saturação em Dourados
AMAMBAI
Jovem é preso após abandonar veículo com 353 quilos de maconha
ITAQUIRAÍ
Homem é assassinado a golpes de machado enquanto dormia