Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Membros da família Rigo morre em acidente no Mato Grosso

13 junho 2011 - 11h06

Um acidente ocorrido no começo da noite de ontem, (12), próximo à cidade de Cuiabá, capital do estado de Mato Grosso, matou três integrantes de uma mesma família de sul-mato-grossenses. Ademar José Rigo, 59 anos, Maria Sílvia Bobato Rigo, de 53 anos e a filha do casal, Deybow Iasmin Bobato Rigo, de 17 anos, morreram após o carro deles, uma Pajeto TR4, ser atingido de frente por uma carreta bitrem carregada de soja que, após o impacto, tombou e pegou fogo.

Apesar do sobrenome, eles não possuem parentesco com o ex-deputado Ary Rigo.

Segundo familiares das vítimas, os corpos devem ser trazidos para Campo Grande de avião no começo da tarde desta segunda-feira e o velório está marcado para as 18 horas, na Pax Nacional. Os três serão sepultados no Cemitério Jardim das Palmeiras, na capital de Mato Grosso do Sul.

A família, que morou em Sonora, estava há vários anos na Chapada dos Guimarães e seguia até Cuiabá, para onde tinham se mudado recentemente. Maria Rigo conduzia o veículo dos sul-mato-grossenses no momento do acidente.

O motorista da carreta, Humberto Ermerino da Silva, 36 anos, também não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

Mais de 20 homens, entre bombeiros, policiais rodoviários federais, peritos e técnicos da Rede Energia trabalharam no local do acidente por mais de 4 horas. A pista ficou interditada e provocou um congestionamento de aproximadamente 8 quilômetros, nos 2 sentidos.

###O acidente

O acidente aconteceu por volta das 16h30, no quilômetro 378 da rodovia BR-364, distante cerca de 20 quilômetros do perímetro urbano de Cuiabá. Segundo o policial rodoviário federal Rony César Figueiredo, na hora a visibilidade era boa e havia pouco movimento na rodovia. Não há testemunhas do momento da colisão.

Segundo a perícia no local, no entanto, a carreta da empresa Transportadora Martelli, que seguia no sentido Cuiabá - Rondonópolis, teria invadido a faixa contrária e colidido frontalmente com o Pajero.

Além de apagar o princípio de incêndio que chegou às margens da rodovia, os bombeiros precisaram cortar a lataria do veículo para a retirada dos corpos. (Com informações de Silvana Rios e João Vieira)

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Dólar termina a semana em alta, de olho em projeções sobre juros nos EUA
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Ex-prefeito terá que devolver dinheiro pago em licitação sem nota fiscal
JUSTIÇA
Desembargadores mantêm regime semiaberto para motorista embriagado
ARTIGO
Como transformar uma casa em lar
BRASIL
Montezano: prioridade é abrir caixa-preta do BNDES
ESTATAL
Após fechar agências em MS, Correios renova frota de furgões
INVESTIGAÇÕES
Preso no RJ, suspeito de planejar morte de “chefão da fronteira” é acusado de lavagem de dinheiro em MS
ESTÉTICA
Conheça um pouco mais sobre o Microagulhamento
POLÍTICA
“A gente precisa mendigar apoio”, diz vereador sobre falta de representatividade em Brasília
PEDESTRIANISMO
‘9ª Corrida Saúde Cassems-Noturna’ abre inscrições na próxima segunda-feira

Mais Lidas

FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
DOURADOS
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
FRONTEIRA
Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso