Menu
Busca segunda, 23 de setembro de 2019
(67) 9860-3221

Melhor do mundo admira o Brasil e o futebol pentacampeão

21 dezembro 2003 - 12h07

Zinedine Zidane, eleito o melhor jogador do mundo em 2003 pela Fifa, é um tipo comum. Discreto, de gestos simples, pode passar despercebido em ambientes reservados exclusivamente a jogadores. Porém, quando se vê obrigado a cruzar o hall dos hotéis ou mesmo entrar no ônibus da delegação, onde dezenas de torcedores fazem vigília para vê-lo, tudo muda. A confusão é grande. Sabe-se que ele está ali no meio da multidão. Apesar da discrição, Zidane é dessas pessoas capazes de mudar um ambiente só com a sua presença. O craque francês é pouco afeito a entrevistas, falar com ele não é tarefa simples, a não ser com hora previamente marcada. Mas, ao se deparar com um jornalista brasileiro depois da partida beneficente na Basiléia, Zidane resolveu atender. E, num curto espaço de tempo, revelou sua admiração pelo futebol brasileiro

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU!
Luísa Sonza exibe boa forma em passeio de iate e ganha elogios
APOSENTADORIA
Reforma da Previdência pode ser votada em 1º turno nesta terça-feira
PONTA PORÃ
Veículo blindado roubado em São Paulo é recuperado na região de fronteira
FOGO
Helicópteros entram em operação no combate às queimadas no Pantanal
MARACAJU
Homem é preso por receptação e polícia recupera caminhão furtado
ECONOMIA
Termina hoje prazo para cliente da Caixa autorizar saques do FGTS
OPORTUNIDADES
Concursos: 17 órgãos abrem amanhã inscrições para mais de 1.500 vagas
OPERAÇÃO BOCAIÚVA
Ação apreende 11 filhotes de papagaios e aplica multa de R$ 60 mil
MEIO AMBIENTE
Semana da Árvore termina com plantio de mudas no Antenor Martins
FÓRMULA 1
Vettel supera Leclerc, vence em Singapura e quebra jejum de 22 corridas

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Criança morre em hospital e polícia investiga estupro de vulnerável
FLAGRANTE
Guarda Municipal flagra "festinha social" lotada de menores
DOURADOS
Campo-grandense é preso após roubar escritório de advocacia em Dourados
FRONTEIRA
Adolescente de 16 anos é morto na frente do pai com um tiro no peito