Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
(67) 99659-5905

MEC muda regra da exigência do Enem para quem pedir Fies

07 junho 2011 - 09h45

O estudante que tiver terminado o ensino médio em 2010, ou que concluir nos próximos anos, terá obrigatoriamente que ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado, ou as próximas edições, para solicitar o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies). A portaria do Ministério da Educação que altera e inclui dispositivos nas regras para a obtenção do financiamento estudantil foi publicada nesta terça-feira (7) no "Diário Oficial da União".

A regra anterior dizia que todo estudante ingressante no Fies deveria ter feito o Enem como condição para solicitar o financiamento. Agora, a regra vale apenas para quem concluiu o ensino médio a partir de 2010.

Segundo a portaria, para pedir o Fies "será exigida do estudante concluinte do ensino médio a partir do ano letivo de 2010, participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010 ou posterior, ou que possua a condição de professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica integrante do quadro de pessoal permanente da instituição pública, regularmente matriculado em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia".

Ainda de acordo com a portaria, "os estudantes que por ocasião da inscrição ao Fies informar data de conclusão do ensino médio anterior ao ano de 2010, deverão comprovar essa condição perante à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA)".

A regra não se aplica para quem já possui o contrato com o Fies em vigor.

O financiamento é concedido aos estudantes matriculados em cursos presenciais com avaliação positiva nas avaliações do Ministério da Educação.

São considerados cursos com avaliação positiva os cursos de graduação que obtiverem conceito maior ou igual a 3 (três) no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

A próxima edição do Enem será realizada nos dias 23 e 24 de outubro. As inscrições se encerram nesta sexta-feira (10). Segundo o MEC, até agora quase 4 milhões de estudantes se inscreveram para fazer o exame. A taxa de inscrição, de R$ 35, deve ser paga até 13 de junho, no Banco do Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INFORME PUBLICITÁRIO
União Pneus é melhor opção de recauchutagem e consertos há quase quatro décadas
INFORME PUBLICITÁRIO
Quero Bolsa oferece até 50% de desconto para estudar na UCDB
SISU 2020
Consulta de vagas do sistema está disponível; inscrições ocorrerão de 7 a 10 de julho
PRÊMIOS
Loteria Federal retoma sorteios amanhã
BRASIL
Pandemia vai afetar todas as áreas da educação no país, diz Inep
MATO GROSSO DO SUL
Povo terena celebra asfalto após 40 anos de luta
CAMPO GRANDE
Justiça concede R$ 300 mil a membros de família sobreviventes de acidente
CORUMBÁ/LADÁRIO
Carros de aplicativos são autuados durante fiscalização
PANDEMIA
Assembleia oficializa calamidade pública em Pedro Gomes, Deodápolis e Ivinhema
BRASIL
Municípios sugerem financiamento para prefeituras pagarem precatórios

Mais Lidas

DOURADOS
Decretos sobre aglomerações, igrejas e comércio terão mais 10 dias de vigência
PANDEMIA
Dourados tem quatro mortes por Covid em 24 horas, uma das vítimas médico
DOURADOS
Comerciante encontra homem morto ao chegar para abrir estabelecimento
20 VEÍCULOS
"Bonde do contrabando" é apreendido abarrotado de produtos do Paraguai