Menu
Busca sábado, 20 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Mais de 400 bombeiros detidos no Rio são soltos

11 junho 2011 - 08h42

Cerca de 400 bombeiros que estavam presos desde o último sábado (4) no quartel de Charitas, em Niterói (RJ), foram soltos na manhã de hoje. O grupo deve se encaminhar para a Alerj, onde outros bombeiros acampam em protesto desde as prisões.

Deixaram o local apenas os bombeiros que receberam alvará de soltura. Dez deles ainda não deixaram o quartel porque seus alvarás foram entregues com problemas e devem ser refeitos para permitir a liberação.

Os nove líderes do movimento, que estavam presos no Grupamento Especial Prisional, em São Cristóvão, na zona norte do Rio, foram soltos na noite de ontem. Dentro do quartel de São Cristovão foram tocadas sirenes no momento em que os acusados de motim deixaram a prisão.

O desembargador Claudio Brandão, do Tribunal de Justiça do Rio, concedeu habeas corpus ontem aos 429 bombeiros e dois PMs presos por ocuparem o quartel central da corporação.

Na quinta-feira (9), deputados estaduais apresentaram uma Proposta de Emenda à Constituição do Estado para anistiar os bombeiros. Na terça (7), o deputado federal Alessandro Molon (PT-RJ), um dos autores do pedido de habeas corpus, propôs uma lei que anistia os bombeiros na Câmara dos Deputados.

DENÚNCIA À JUSTIÇA

No começo da noite, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro apresentou denúncia à Justiça contra os 429 bombeiros e dois policiais militares que participaram da ocupação do quartel central.

Os 431 presos foram denunciados por motim (artigo 149 do Código Penal Militar, pena de reclusão de 4 a 8 anos), danos em material de utilidade militar (pena de reclusão de até 6 anos) e danos a 12 carros da corporação (pena de reclusão de 2 a 10 anos).

Deixe seu Comentário

Leia Também

NORONHA
Isis Valverde relembra foto de biquíni em cenário paradisíaco
FATALIDADE
Vítimas de grave acidente em Bataguassu serão veladas neste sábado
JUSTIÇA
Direitos da criança e do índio são preservados em adoções por indígenas
CAPITAL
Polícia pede prisão de comerciante suspeito de matar o próprio tio
LEGISLAÇÃO
Detran esclarece Lei que permite transferência de multas e pontos na CNH
CORRUPÇÃO
Traficantes acusam polícia paraguaia de cobrar R$ 30 mil para liberar droga
ESPORTES
Mundo Novo abre a 2ª fase da Copa Assomasul de futebol
CORUMBÁ
Justiça nega prisão de médico suspeito de cobrar por cirurgia do SUS
CAMPO GRANDE
Homem agride ex-esposa gestante em posto de saúde e acaba preso
MINISTÉRIO PÚBLICO
Concurso da PRF: após ação, banca convoca mais candidatos negros

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é baleado com quatro tiros no Estrela Verá
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
INVESTIGAÇÕES
Preso no RJ, suspeito de planejar morte de “chefão da fronteira” é acusado de lavagem de dinheiro em MS
FRONTEIRA
Pistoleiro preso acusado de matar fazendeiro é membro do Comando Vermelho