Menu
Busca domingo, 21 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
EDUCAÇÃO

Maioria dos candidatos do Enem 2017 tem mais de 20 anos

27 outubro 2017 - 19h20Por Agência Brasil

A maior parte dos candidatos que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano tem mais de 20 anos. Os participantes com idade entre 21 e 30 anos representam 31,3% do total de candidatos e outros 13,8% têm entre 31 e 59 anos. Na faixa dos 20 anos estão 7,8% dos inscritos e 0,17% tem mais de 60 anos. Em 2017, o Enem terá a participação de 6,73 milhões de estudantes em todo o país.

Entre os candidatos mais jovens, 5,8% têm 16 anos, 15,2% têm 17 anos, 13,9% têm 18 anos e 10% têm 19 anos. Só 1,7% tem menos de 16 anos. Os dados foram divulgados hoje (27) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), repsonsável pela aplicação do exame.

Em relação à situação de ensino, 63,5% dos inscritos já concluíram o ensino médio, 26,5% terminam este ano e 8,9% só depois de 2017. Esse último grupo é dos chamados “treineiros”, ou seja, participantes que fazem o exame como auto-avaliação.

Maioria de mulheres

Seguindo a tendência dos últimos anos, as mulheres são maioria (58,6%) entre os inscritos no Enem. O número é maior do que o do ano passado, quando as candidatas femininas representavam 58% do total.

De acordo com declaração na inscrição, 46,9% dos participantes são da cor/raça parda, 35% branca, 13,3% preta, 2,3% amarela e 0,7% indígena. Outros 1,9% dos inscritos não declarou a informação.

Do total de participantes do Enem deste ano, 29,7% pagaram a taxa de inscrição e 48,2% foram isentos em função da baixa renda familiar. Pouco mais de 22% obtiveram a gratuidade automática por estarem concluindo o ensino médio na rede pública em 2017, conforme previsto nas regras do exame.

Atendimento especial

Foram aprovadas 35.653 solicitações de atendimento especializado. A maioria dos casos é de deficiência física (11.327), baixa visão (6.676), déficit de atenção (6.606) e deficiência auditiva (3.683). Durante o exame, serão usados 67.980 recursos de acessibilidade, como videoprovas traduzidas em Libras.

Também serão oferecidos 16.898 atendimentos chamados de específicos: 46,9% para lactantes; 15,8% para gestantes; 2,4% para idosos; 34,7% para outra condição específica; e 0,2% para classe hospitalar.

O Enem 2017 teve ainda 304 solicitações aprovadas para atendimento pelo nome social. O atendimento é destinado a participantes transexuais e travestis – pessoas que se identificam e querem ser reconhecidas socialmente em consonância com sua identidade de gênero.

Calendário

As provas do exame serão aplicadas este ano nos dias 5 e 12 de novembro para 6.731.203 participantes em 1.725 municípios, 12.416 locais de prova e 182.202 salas de aplicação.

O número de participantes deste ano é menor do que em 2016, quando 8,6 milhões de pessoas fizeram do exame. Segundo o Inep, a queda no número de inscrições é consequência do Enem ter deixado de valer como certificação do ensino médio, que voltou a ser concedida por meio do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Mulher de 40 anos é assaltado quando desembarcava de ônibus
UEMS
Conselho de Ética abre inscrições para eleição de representantes
EMPREGO
Ao menos 7 órgãos abrem amanhã inscrições para mais de 100 vagas
FÁTIMA DO SUL
‘Tuzin’ morre após colidir motocicleta em rotatória
SHOWBIZ
Sabrina Sato coloca fim a mistério e revela nome pra lá de diferente da filha
INTOLERÂNCIA
UFGD divulga Nota de Repúdio sobre "Suástica" em painel
CRIME AMBIENTAL
Pecuarista é autuado por desmatamento de vegetação nativa
TRÂNSITO
Acidentes com vítimas caem 18% até agosto, revela DPVAT
MARCELINO PIRES
Polícia registra mais um furto de motocicleta em Dourados
ELEIÇÕES 2018
TSE prepara anúncio de medidas de combate às fake news

Mais Lidas

DOURADOS
Familiares e amigos dão adeus a empresário e filho mortos em acidente
DOURADOS
Bandidos atiram contra viatura e abandonam carro tomado em assalto
DOURADOS
Dupla é flagrada furtando comércio no Centro
TRÁFICO
Quadrilha que distribua cocaína é desarticulada em MS