Menu
Busca terça, 23 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

Mãe de Caetano Veloso e Bethânia morre ao 105 anos na Bahia

25 dezembro 2012 - 14h23

Claudionor Viana Teles Veloso, mais conhecida como Dona Canô, morreu aos 105 anos, nesta terça-feira (25), em sua casa, localizada na cidade de Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano, afirmou o filho Rodrigo Veloso às 9h20. Dona Canô passou a noite de Natal em casa, com os filhos.

Segundo a família, o velório será realizado até as 18h desta terça-feira, em casa, com acesso apenas dos parentes. Depois disso, o corpo de Dona Canô será levado para o Memorial Caetano Veloso, na Praça da Purificação, onde os moradores poderão se despedir da matriarca. O sepultamento está marcado para 10h de quarta-feira (26), no cemitério de Santo Amaro. Antes, a família vai realizar uma missa de corpo presente na Matriz da Purificação.

Dona Canô esteve internada por seis dias, recebendo alta do Hospital São Rafael, em Salvador, na sexta-feira (21). Ela tinha sofrido um ataque isquêmico cerebral, que gera redução do fluxo de sangue nas artérias do cérebro, segundo informou o boletim médico.

De acordo com informações de Edson Nascimento, amigo da família, Dona Canô pediu um vestido novo e branco para deixar o hospital. Foi com ele que ela foi vestida para a casa, acompanhada da filha Mabel. Maria Bethânia acompanhou a transferência da mãe em outro carro.

A matriarca teve oito filhos, entre eles os cantores Caetano Veloso e Maria Bethânia. Em outubro de 2011, Dona Canô perdeu a filha adotiva Eunice Veloso, aos 83 anos, que morreu com insuficiência respiratória. O filho famoso, o compositor Caetano, completou 70 anos em agosto deste ano. Em dezembro, a matriarca da família assistiu ao show da nova turnê da filha Maria Bethânia, no Teatro Castro Alves.

No dia 16 de setembro de 2012, Dona Canô completou 105 anos e, como tradicionalmente fazia, reuniu amigos e a família em missa e comemoração em casa, na cidade de Santo Amaro. Estiveram na festa os filhos Caetano Veloso e Maria Bethânia e a amiga Regina Casé. Quem celebrou a missa foi o padre Reginaldo Manzotti.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Juiz determina tratamento psiquiátrico para motorista embriagado
INOVAÇÃO
Alunos da Escola do Sesi de Dourados criam locadora de produtos
SIDROLÂNDIA
Pego com a mão na massa: moradora flagra homem se masturbando
MS
Abertas inscrições para mais de 1.800 vagas em concursos públicos
SIDROLÂNDIA
Motorista é preso com 194 quilos de maconha na rodovia MS-162
SUPOSTO CORONEL
Supremo manda PGR investigar ataques a Rosa Weber em vídeo
STJ
Justiça autoriza soltura de advogado preso junto com André Puccinelli
PESQUISA
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 57%; Haddad, 43%
NOVA ANDRADINA
Dupla é flagrada arremessando drogas para dentro de presídio
DOURADOS
Mostra Cultural Saberes indígenas na Escola acontece em novembro

Mais Lidas

RODOVIA
Ônibus que saiu de Dourados pega fogo na BR-163; veja vídeo
OPERAÇÃO SATURAÇÃO
Megaoperação cumpre dezenas de mandados de prisão em Dourados
DOURADOS
Ação contou com apoio de 4 delegacias da Capital e cumpriu mais de 40 mandados de prisão
DOURADOS
Indígena é espancado por 14 presos em cela do 1º DP e morre