Menu
Busca quinta, 20 de junho de 2019
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Líderes de bancada não garantem aprovação da reforma da Previdência

07 novembro 2017 - 07h19Por Agência Brasil

Apesar do apelo do presidente Michel Temer, os líderes partidários da base aliada da Câmara dos Deputados não garantiram que a proposta da reforma da Previdência, em tramitação no Congresso, seja aprovada ainda este ano. Ao final da reunião ocorrida no Palácio do Planalto, que não teve a presença do líder do PSDB, um dos principais partidos aliados, o vice-líder do governo na Câmara, Beto Mansur, (PRB-SP) disse que os aliado farão reuniões internas para, posteriormente, definir um calendário de votação.

“A base está junta, mas, às vezes, você tem temas mais difíceis, como a questão que envolve a Previdência, e os líderes ficaram de reunir suas bases para a gente fazer uma reavaliação”, disse Mansur.

Segundo ele, para que o governo obtenha o mínimo de 308 votos necessários para aprovar a reforma, o governo deverá aceitar mais mudanças no texto. “Acho que é importante a gente levar a proposta para a base, da necessidade de a gente aprovar a reforma da Previdência. Ela não foi deixada de lado, agora, lógico que os parlamentares terão que ser ouvidos nas suas bancadas para que a gente possa fazer uma análise geral da reforma da Previdência e também das outra pautas”.

Para o vice-líder, é possível que a reforma seja aprovada na Câmara ainda este ano e no Senado, ano que vem. “Tem muita coisa que você vai aprovando na Câmara e liberando para o Senado. O detalhe da Previdência é que precisamos ouvir as bancadas para chegar a um acordo. Se você aprova uma proposta tão importante para o país neste ano, nada impede que você vote no Senado no ano que vem. Não vejo nenhum problema quanto a isso”.

De acordo com Mansur, até o final do ano, restam 21 dias prováveis de votação, e o governo tentará reunir a base aliada para votar a reforma. “Não adianta fazer uma análise de quantos votos se tem hoje. Temos que fazer reunião dentro das bancadas para que a gente possa voltar a conversar”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
De topless, Dani Calabresa curte passeio em praia: "sereiando"
JUSTIÇA
Acusada de matar cunhado por motivo torpe é condenada a 16 anos
ECONOMIA
Interessados em receber precatórios têm até dia 28 para fazer acordo
UNIGRAN
Show à parte, banheiro do quarto infantil impressiona pela riqueza de detalhes
MUDANÇA
Presidente dos Correios decide sair após Bolsonaro dizer que iria demiti-lo
CAMPO GRANDE
Casal briga dentro de carro e confusão termina em acidente
FUTEBOL
CBF define datas e horários dos jogos das quartas da Copa do Brasil
TERRA SEM LEI
Comerciante executado na fronteira teria arrendado terra do narcotráfico
PRAZO
Última semana de inscrição do Concurso de Estagiário MPE/MS
ADMINISTRAÇÃO
UEMS abre seleção para professor temporário na unidade de Ponta Porã

Mais Lidas

RESERVA INDÍGENA
Casal é preso pelo assassinato de tio e sobrinho em Dourados
OPORTUNIDADE
Exército abre inscrições para temporários em MS, MT e GO
DOURADOS
Polícia fecha 'boca' e prende três por tráfico no Jardim Pantanal
DOURADOS
Adolescente é atropelado, sofre traumatismo e corre risco de morte