Menu
Busca quarta, 14 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Líderes de bancada não garantem aprovação da reforma da Previdência

07 novembro 2017 - 07h19Por Agência Brasil

Apesar do apelo do presidente Michel Temer, os líderes partidários da base aliada da Câmara dos Deputados não garantiram que a proposta da reforma da Previdência, em tramitação no Congresso, seja aprovada ainda este ano. Ao final da reunião ocorrida no Palácio do Planalto, que não teve a presença do líder do PSDB, um dos principais partidos aliados, o vice-líder do governo na Câmara, Beto Mansur, (PRB-SP) disse que os aliado farão reuniões internas para, posteriormente, definir um calendário de votação.

“A base está junta, mas, às vezes, você tem temas mais difíceis, como a questão que envolve a Previdência, e os líderes ficaram de reunir suas bases para a gente fazer uma reavaliação”, disse Mansur.

Segundo ele, para que o governo obtenha o mínimo de 308 votos necessários para aprovar a reforma, o governo deverá aceitar mais mudanças no texto. “Acho que é importante a gente levar a proposta para a base, da necessidade de a gente aprovar a reforma da Previdência. Ela não foi deixada de lado, agora, lógico que os parlamentares terão que ser ouvidos nas suas bancadas para que a gente possa fazer uma análise geral da reforma da Previdência e também das outra pautas”.

Para o vice-líder, é possível que a reforma seja aprovada na Câmara ainda este ano e no Senado, ano que vem. “Tem muita coisa que você vai aprovando na Câmara e liberando para o Senado. O detalhe da Previdência é que precisamos ouvir as bancadas para chegar a um acordo. Se você aprova uma proposta tão importante para o país neste ano, nada impede que você vote no Senado no ano que vem. Não vejo nenhum problema quanto a isso”.

De acordo com Mansur, até o final do ano, restam 21 dias prováveis de votação, e o governo tentará reunir a base aliada para votar a reforma. “Não adianta fazer uma análise de quantos votos se tem hoje. Temos que fazer reunião dentro das bancadas para que a gente possa voltar a conversar”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UNIGRAN
Empresa Junior de Agronomia comercializa verduras agroecológicas na AgroFeira
IBGE
Salário médio do sul-mato-grossense avançou 14% em três anos
IDOSOS
Universidades americanas incluem idosos saudáveis no currículo
PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA
Mais de 230 mil veículos devem trafegar pela BR-163 durante o feriado
LEVANTAMENTO
Demanda do consumidor por crédito avançou 5,8% em outubro
REGIÃO NORDESTE
Conheça a Praia dos Carneiros e a coloque no roteiro da próxima viagem
BRASIL
Onyx nega ter se beneficiado de repasse da JBS feito em 2012
15 DE NOVEMBRO
Feriado da Proclamação da República: veja o que abre e o que fecha em Dourados
CLIMA
Tempo nublado não ameniza o calor e mínima em Dourados é de 22ºC
INSPIRE-SE!
Modelos de roupas confortáveis para todas as crianças

Mais Lidas

PEDRO JUAN
Advogada de narcotraficantes brasileiros morre após atentado na fronteira
PARAGUAI
Polícia paraguaia acredita que pistoleiros brasileiros mataram advogada
PEDRO JUAN CABALLERO
Vídeo mostra momento em que advogada é atingida por pistoleiros
FRONTEIRA
Advogada de Pavão e Marcelo Piloto é alvo de atentado com 14 tiros