Menu
Busca segunda, 21 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221

Justiça Federal nega pedido para retirar "Deus seja louvado" das notas

01 dezembro 2012 - 16h35

A Justiça Federal de São Paulo negou o pedido do Ministério Público Federal para obrigar a União e o Banco Central a retirar, em até 120 dias, a expressão "Deus seja louvado" das cédulas de real. A decisão, em caráter provisório, foi da juíza da 7ª Vara Federal de São Paulo, Diana Brunstein.

Na decisão, de apenas três páginas, ela afirma que o Ministério Público não comprovou que houve "oposição aos dizeres inscritos na cédula no âmbito do seio social". A juíza ressaltou que o Ministério Público Federal de São Paulo (MPF-SP) não ouviu instituições laicas ou religiosas de outras denominações que se manifestassem contra a presença da frase nas cédulas.

"Entendo este fato relevante na medida em que a alegação de afronta à liberdade religiosa não veio acompanhada de dados concretos, colhidos junto à sociedade, que denotassem um incômodo com a expressão ‘Deus’ no papel-moeda", escreveu Ana Brunstein.

O mérito da causa ainda será julgado. A juíza negou apenas o pedido de antecipação de tutela do MPF-SP, ou seja, a solicitação para que a decisão fosse emitida provisoriamente antes que o processo se encerre. Para Ana Brunstein, no entanto, não havia urgência no caso, já que "os dizeres se encontram impressos nas notas há quase três décadas, o que afasta qualquer risco de dano irreparável".

Segundo informações repassadas pelo Ministério da Fazenda ao MPF-SP no inquérito civil público, a expressão foi incluída nas cédulas brasileiras em 1986, por decisão do então presidente e hoje senador José Sarney (PMDB). No plano Real, em 1994, ela foi mantida pelo então ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso, por ser "tradição" no país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ROCHEDINHO
Bebê de três anos se afoga em piscina; estado de saúde é grave
ECONOMIA
PIB cresce 0,3% no trimestre encerrado em novembro de 2018
POLÍTICA
Mourão diz que caso de Flávio não é problema do Planalto e afirma: 'Que a lei sirva para todos'
TRIBUTO
Proprietários de veículos com IPVA em atraso podem parcelar dívida em até dez vezes
DOURADOS
“Perdeu, perdeu”: mulher tem celular e moto roubada em assalto no Jardim Itália
DOURADOS
Mais de 90% dos internautas do Dourados News se dizem contra o ‘mandato tampão’
ECLIPSE
Próxima Lua de Sangue será visível em todo o Brasil em 2022
DOURADOS
Rapaz é agredido com garrafa quebrada e acaba internado em estado gravíssimo no HV
PRIMEIRA VIAGEM
Bolsonaro chega nesta segunda à Suíça; Mourão assume a Presidência
UFGD
Termina hoje inscrições de músicos para formação da Orquestra

Mais Lidas

FRONTEIRA
Jogador de futebol, ‘Alicate’ é executado com 26 tiros de fuzil
PARQUE DO LAGO
Casal é preso por promover festa para adolescentes com bebida alcoólica
MONTE LÍBANO
Homem é preso acusado de tráfico de drogas por atacado
VILA ERONDINA
Polícia registra dupla tentativa de homicídio em Dourados