Menu
Busca quarta, 21 de fevereiro de 2018
(67) 9860-3221
Clube Indaiá - Janeiro 2018
JBS

Justiça determina bloqueio de R$1,6 bi em bens dos irmãos Batista e familiares

06 outubro 2017 - 17h50Por Agência Brasil

A Justiça Federal em Brasília determinou hoje (6) o bloqueio de bens dos empresários Joesley e Wesley Batista, da JBS, além de recursos de familiares e de empresas ligadas a eles. A medida foi determinada pelo juiz federal Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal em Brasília. A cautelar prevê o bloqueio de aproximadamente R$ 1,6 bilhão para ressarcimento ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES), que detém participação no regime societário de algumas empresas do grupo.

A decisão foi tomada no âmbito da Operação Bullish, na qual são investigados desvios no BNDES em favor da empresa. Em junho, o mesmo juiz também proibiu a JBS de vender subsidiárias na Argentina, no Paraguai e no Uruguai para unidades naqueles países controladas pela Minerva, segunda maior companhia de carne bovina do Brasil.

Em nota, a defesa dos irmãos Batista informou que vai recorrer da decisão e que o despacho do magistrado causou perplexidade por atingir familiares.

“A defesa vai sustentar que houve manifesta ausência de fundamentação na decisão do juiz de primeira instância e demandar que prevaleça a decisão anterior, que liberou os bens dos empresários”, diz o comunicado.

No mês passado, os irmãos Wesley Batista e Joesley Batista foram presos por crime financeiro. Eles são acusados de se aproveitarem da informação de que a delação premiada de Joesley impactaria o mercado financeiro, com a desvalorização das ações da JBS.

Os investigados, que são alvos de seis operações da PF, venderam as ações da empresa, exceto a fatia de 42,5% que pertence a acionistas. Um dos acionistas é o BNDES. A compradora das ações foi a FD Participações, empresa integralmente de propriedade dos irmãos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Solteira, Dani Sperle posa nua e diz o que homem precisa para conquistá-la
JUSTIÇA
Empresa de telefonia deve ressarcir consumidor por cobrança ilegal
ACOMPANHAMENTO
Comissão de senadores vai fiscalizar intervenção federal no Rio de Janeiro
PARAGUAI
PRF intercepta carregamento de cigarros contrabandeados na BR-163
TESTE
Celular pirata habilitado a partir de amanhã no DF será bloqueado em maio
REUNIÃO
Governo define estratégias de segurança para a cidade de Três Lagoas
CORUMBÁ
Homem espancado no carnaval morre após ficar 9 dias internado
BUROCRACIA
Senado aprova projeto para simplificar certidão de débitos tributários
APOIO
Militares auxiliam atingidos por enchentes e resgata cutia em Aquidauana
INÉDITO
Brasileira passa à final da patinação artística na Coreia do Sul

Mais Lidas

DESAPARECIDA
Corpo encontrado no rio Dourados é de Débora Dias
RESIDENCIAL ROMA
Criança fica ferida ao cair de prédio em Dourados
ESTRELA PORÃ
Polícia fecha “boca” que abastecia região Oeste de Dourados
DOURADOS
Gaeco cumpre mandados em nova ação contra o tráfico