Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Justiça decreta prisão preventiva de primeira-dama de Campinas

10 junho 2011 - 10h57

Duas pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira (10) em uma operação conjunta do Ministério Público e da Polícia Civil por envolvimento em um esquema de fraudes licitatórias relativas à Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento (Sanasa) em Campinas, no interior de São Paulo.

As prisões ocorreram depois da Justiça ter decretado a prisão preventiva da primeira-dama da cidade, Rosely Nassim, do vice-prefeito, Demétrio Vilagra, e de outras cinco pessoas. Nesta sexta, foram detidos o ex-diretor da Sanasa Marcelo de Figueiredo e o ex-secretário de segurança Carlos Henrique Pinto.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Campinas, todas as pessoas que tiveram a prisão decretada já não pertencem mais ao quadro de funcionários municipais. Todo o pronunciamento deve ser feito pelos advogados de defesa dos acusados. O prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos, virá a São Paulo para conversar com o advogado de sua esposa.

Em 20 de maio, a Polícia Civil realizou uma megaoperação em Campinas, Jundiaí, São Paulo, Jaguariúna e Vinhedo e prendeu pelo menos 11 pessoas. A primeira-dama de Campinas não foi presa na época porque tinha um habeas corpus preventivo que a protegia. Nesta primeira operação, 28 promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e de Promotorias de Justiça Criminais e mais de 80 policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) e da Corregedoria da Polícia Civil foram mobilizados, segundo o MP.

Deixe seu Comentário

Leia Também

A DONA DO PEDAÇO
Chiclete descobre bomba sobre Vivi
JULHO AMARELO
Saúde desenvolve campanha sobre IST e Hepatites Virais em Dourados
SIDROLÂNDIA
Guarda noturno atira contra homem e o fere na boca e costas
FRONTEIRA
Veículo furtado que seria trocado por droga no Paraguai é recuperado
JUSTIÇA
Corretor é condenado a repassar R$ 45 mil de comissão de corretagem
DOURADOS
Homem é preso tentando furtar envelope com R$ 3,8 mil de cliente de banco
Iluminação Pública
Mesmo com cobrança suspensa, prefeitura prevê R$ 18 milhões com Cosip em 2020
BRASIL
PIB recua 0,8% no trimestre encerrado em maio, diz FGV
DEBATE
Audiência no dia 22 trata de projeto que extingue cargos indígenas
DOURADOS
Recapeamento na rua Cuiabá ‘trava’ em trecho de 10 quadras

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação