Menu
Busca quinta, 18 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Juiz expede mandado de prisão contra ex-jogador Edmundo

15 junho 2011 - 06h24

O juiz Carlos Eduardo Carvalho, da Vara de Execuções Penais do Rio (VEP), informou, na noite desta terça-feira (14), que já expediu o mandado de prisão contra o ex-jogador Edmundo Alves de Souza Neto. Segundo o Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), a defesa ainda pode recorrer desta decisão.

O mandado foi expedido após o juiz Carlos Eduardo rejeitar a alegação da defesa de prescrição do processo em que Edmundo responde por acidente de carro, em 1995.

"O mandado já foi expedido, agora, ele será encaminhado a todas as autoridades policiais. Esse processo não foi prescrito e a sentença deve ser executada imediatamente. O mandado pode ser cumprido a qualquer momento, no entanto, por não se tratar de flagrante, é pouco provável que isso ocorra ainda nesta noite", disse o juiz da Vara de Execuções Penais.

De acordo com o TJ-RJ, Edmundo foi condenado em março de 1999 a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, pelos homicídios culposos de três pessoas e lesões corporais também culposas em outras três vítimas do acidente ocorrido na Lagoa, Zona Sul do Rio, na madrugada do dia 2 de dezembro de 1995.

Desde então, a defesa tenta na Justiça reverter a sentença da 17ª Vara Criminal da Capital, que condenou o ex-jogador. Ainda segundo o TJ-RJ, na época, os advogados do Edmundo recorreram, mas a 6ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro manteve a decisão no dia 5 de outubro de 1999. Edmundo chegou a ficar preso por 24 horas.

No entanto, a defesa conseguiu um habeas corpus que permitiu que o ex-jogador recorresse em liberdade. O TJ-RJ informou que Edmundo recorreu, então, aos órgãos superiores, em Brasília. O Supremo Tribunal Federal (STF), por sua vez, manteve a condenação.

###Defesa alega prescrição
Após o STF ter mantido a condenação, os advogados de Edmundo alegaram que ele não poderia ser preso porque o processo já havia sido prescrito. O juiz Carlos Eduardo rejeitou a alegação de prescrição e determinou a expedição do mandado. De acordo com o TJ-RJ, em sua decisão, ele afirma que ainda não ocorreu o lapso temporal exigido pela lei.

O advogado Arthur Lavigne, que representa o ex-jogador, afirmou que não tem dúvidas de que o processo está prescrito. Segundo ele, em maio de 2010, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) chegou a emitir um parecer reconhecendo a prescrição do caso. Ele afirmou que vai entrar com um pedido de habeas corpus após analisar a decisão do juiz.

“Eu não tenho a menor dúvida de que esse processo está prescrito. O caso estava parado há um ano na Vara de Execuções. A primeira providência a tomar será justamente tomar conhecimento da decisão do juiz para poder impetrar um habeas corpus, o que deve acontecer amanhã (15). O Edmundo já está sabendo da decisão e aguarda as medidas”, disse Lavigne.

Arthur Lavigne não informou se Edmundo está ou não no Rio. No entanto, ele garantiu que, caso o pedido de habeas corpus seja negado, o ex-jogador irá se apresentar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU!
Maíra Charken aumenta temperatura com foto sensual: "Eclipse mexeu comigo"
CORUMBÁ
Mulher que denunciou médico diz que foi abusada em consulta: 'Me senti um lixo'
DIA 25
20º Festival de Inverno de Bonito começa na proxima semana
SAÚDE
Excesso de café aumenta chance de pressão alta em pessoas predispostas
TRÊS LAGOAS
Polícia procura ciclista que passou a mão em mulher no meio da rua
ECONOMIA
Governo deve anunciar nesta semana detalhes sobre saques do FGTS
MEIO AMBIENTE
Dona de funilaria é multada por lançar óleo na rua e causar acidente
FLAMENGO
MP devolve à Polícia Civil inquérito sobre tragédia no Ninho do Urubu
BONITO
Ladrões trapalhões furtam moto, mas sofrem queda e acabam presos
POLÍTICA
Mandetta vai lançar na Capital novo programa do Ministério da Saúde

Mais Lidas

DOURADOS
Execução de comerciante douradense foi “comemorada” com tiros em bairro da periferia
DOURADOS
Indígenas invadem propriedade e atacam policiais com flechas e coquetel molotov
DINHEIRO NOVO
Governo deve anunciar ainda esta semana a liberação de saques do FGTS
POLÍCIA
Polícia prende ladrão de moto e descobre ‘boca de fumo’ no Dioclécio Artuzi